Entre Umas e Outras

Entre Umas e Outras, por Julia Wertz | resenha Não Me Mande Flores

A Julia Wertz ficou super conhecida no mundo das graphic novels com as suas autobiografias em quadrinhos The Fart Party (publicadas em dois volumes e, posteriormente no Museum of Mistakes: The Fart Party Collection). O Entre Umas e Outras é uma espécie de continuação desses primeiros livros ~ mas que pode ser lido de forma independente. Depois de falar sobre a infância e a juventude em São Francisco, ela agora conta “como eu era uma idiota na primeira vez que me mudei para Nova York“.

O tema central é a tão difícil transição para a vida adulta, cheia de conflitos, inseguranças e, no caso da Julia, muito humor e autodepreciação. Ela passa por quatro apartamentos toscos, sete empregos sofríveis, problemas familiares e de saúde… ufa! O livro tem tudo para ser uma novela mexicana, mas revela-se divertido e altamente identificável (especialmente se você já experimentou a dobradinha morar sozinho + sub-emprego).

Entre Umas e Outras, por Julia Wertz | Não Me Mande Flores

(mais no site da Julia)

Pode não parecer assim, à primeira vista, mas o livro trata de assuntos bem sérios como o alcoolismo e a angústia provocada pela falta de perspectiva, comum a muitos jovens nesse período de inadequação social (leia-se ‘vinte e poucos anos, sem emprego, nem ideia do que fazer em seguida’). A Julia é muito honesta na exposição dos seus fracassos e o livro acaba sendo um retrato do seu amadurecimento, o que é bonito de ver (e ler).

Imagino que deva ser complicado traduzir uma história tão centrada numa linguagem informal (e cheia de palavrões) e tive um certo estranhamento aqui e ali com algumas escolhas do tradutor, mas no geral gostei muito dessa edição da Nemo. No final do livro ainda somos presenteados com uma série de esboços de Nova York, paisagens urbanas que são especialidades da Julia (como essas que ela fez para a Harper’s Magazine).


Entre Umas e Outras, por Julia Wertz – tradução de Eduardo Soares
título original: Drinking at the movies • Nemo
208 páginas

Amazon | Fnac | Livraria Cultura | Livraria da FolhaSaraiva | Travessa

Confira outros títulos na Bibliolove – a biblioteca virtual do blog!

This entry was posted in livros. Bookmark the permalink.

54 Comentários

  1. Não a conhecia, mas adorei o trabalho dela pelo pouco que vi aqui! Já desejei os livros!

    Beijo!

  2. Adilene disse:

    Oi amando seu cantinho. Gostei do post.
    Estou passando por aqui pela primeira vez.

    Queria seguir o seu blog nao achei a opção.
    Bjoo

  3. Suelen Lima disse:

    “Outro restaurante de merda” eu to gritando HAHAHAHAHAHA
    vou atrás, estamos aqui para enaltecer o trabalho de ilustradoras todo dia <3

  4. Esther disse:

    Olá, tudo bem?
    Esse livro já me ganhou só pela capa, hahaha.
    Não conhecia o trabalho da autora, mas adorei!
    Quero muito ler também.
    Beijos!

  5. Nequeren Reis disse:

    Resenha ótima amei a dica do livro, bom final de semana.

  6. Thayse disse:

    Amei, essa pegada “vida como ela é”, tem dias que realmente não são nada fáceis


    Beijos

  7. Já havia ouvido falar neste graffic novel e gostado da proposta. Adorei sua resenha. E adoro a proposta de trazer assuntos sérios e com forte carga emocional e reflexiva para esse formato.

    Até mais.

  8. Lívia Alli disse:

    amei esses quadrinhos super reais, me identifiquei mt. mt bacana conhecer o trabalho dessa artista

  9. Iris Barbas disse:

    Oi Camila!

    Parece muito bom! Não conhecia…

    Abraços, Iris

  10. Karupin disse:

    Hoe, Camila! Tudo bem? :)

    Gente! Adoro esses livros e quadrinhos que são super autobiográficos e, ao mesmo tempo, parecem descrever as nossas vidas. Na verdade, o que admiro é quando aquele que é “mais um” na multidão resolve traduzir o sentimento de todos, em texto, em desenho, em poesia. ♥

    Difícil não fazer um paralelo com os quadrinhos da Sarah Andersen, outra artista que gosto muito pelo mesmo motivo :)

    Obrigada pela indicação, flor!
    Beijos~

  11. ray menezes disse:

    Acho que eu ia adorar esse livro. Parece ser o tipo de leitura séria, mas que a gente lê sem esforço. E fora que livros de ilustração são muito, muito atrativos pra mim. Gosto pra caramba!

    Um beijo!

  12. Fran Oliveira disse:

    Que trabalho interessante, gostei muito dessa indicação! Os quadrinhos são tão interessantes, que dar vontade de vê mais e mais… São um assunto tão sério, mas com um pouco de humor, que deixar mais leve! ♥

  13. Angélica disse:

    Nossa, que legal, não conhecia, mas adorei o trabalho que ela faz. :)
    Beijos

  14. Muito interessante, porque um livro em teoria “leve” traz assuntos bem “pesados” para pensarmos em nosso cotidiano :)

  15. Nossa Ca, fiquei com muita vontade de ler. Isso é o que vivemos muitas vezes, nada na nossa vida é fácil, porém tudo vai ter uma solução lá na frente!

  16. Muito obrigado querida :D Costumo fazer sempre desta forma :P

    Gostei imenso de conhecer esta banda desenhada :D Lembro-me de ler imensa coisa relacionada quando era miúdo :D

  17. Maria Ladeira disse:

    Muito interessante Camila!
    bj

  18. Ah eu curto essa auto depreciação engraçadinha. Aqui tem as tirinhas da moderna de pueblo que são bem legais também. Dá uma olhada quando puder.
    Bjs miga!

  19. Camila Sá disse:

    Que demais! Adorei! Não conhecia o trabalho dela!

    Beijão

  20. Joana Claro disse:

    Não conhecia o trabalho desta artista, que maravilha!
    Beijinho

  21. Lulu disse:

    Não conhecia, mas achei super interessante

    Big Beijos

  22. Thay Dreams disse:

    que incrivel, gosto desse tipo de dinamica do livro. Principalmente porque aborda temas interessantes!
    Bjos!

  23. Kaila Garcia disse:

    Amei o trabalho dela, sério. Que talento! ❤

  24. Emerson disse:

    Adorei saber mais dessa novela. Gostei bastante do enredo por trazer um tom realístico.

  25. Gostei do post!

    Beijinhos,
    Inês

  26. Não conhecia o livro, mas achei interessante a proposta e os temas abordados. Um trabalho incrível!
    Beijos,
    #fiquerosa

  27. Ana Murari disse:

    Oi, td bem??
    Adoreiiii! Não conhecia e achei uma ótima ideia!
    Beijos

  28. julia disse:

    que legal essa artista!
    bjss

  29. Priih disse:

    Oi Camila, tudo bem?
    Gostei muito do tema da graphic novel e também do traço da Julia! Super leria. :) Me lembrou um pouco a vibe de Persépolis, já leu?
    Beijos,

    Priih

  30. Haha! Bem realista esses quadrinhos!
    Não conhecia mas gostei! :)

  31. Mayara Vieira disse:

    Olá, lindo o trabalho dela. Amei! Bjs

  32. Nath disse:

    Me vi nessa tirinha! É a mesma coisa comigo em Auckland hahaha Preciso muito conhecer o trabalho da Julia <3 Acho que vou me identificar muito!

    beijos!

  33. Chic' Ana disse:

    Parece-me ser mesmo muito interessante!
    Beijinhos

  34. Não conhecia, adorei o trabalho!
    Beijinhoos. 💖

  35. Nossa, faz tanto tempo que não leio nenhum livro em quadrinhos. Os temas abordados são muito relevantes, vou anotar a dica beijos

    Taynara Mello

  36. A historia é bem diferente pelo o que a gente vê por ai, não é! Eu gostei da história e acho que há muitas pessoas passando pelo mesmo problema que ela, a procura de emprego que nunca consegue! Vou pesquisar mais sobre esse livro! Gostei muito dele.
    Um beijo grande e muito GORDO

  37. Claudia Hi disse:

    Não conhecia o trabalho da Julia mas achei interessante os temas que ela aborda. Gostei da tirinha do post. Já vou pesquisar o livro ou procurar mais histórias no site dela! Ótima indicação Ca!

  38. grazi disse:

    não conhecia o trabalho dela mas gostei muito do que li por aqui! achei a capa do livro muito linda!

  39. Carolina R disse:

    Eu já conhecia e adoroooo
    bjs

  40. Estou voltando a ler quadrinhos e essa dica sua me ajudou muito a escolher a minha próxima leitura.
    Gostei bastante.

    Beijos

  41. Joana disse:

    Não conhecia mas adorei o trabalho :)
    Um beijinho

  42. Renato disse:

    Mas, eu to muito apaixonado por esse livro e já quero já! E como você disse, eu imagino como complicado foi traduzir e continuar incrível assim!

  43. simone disse:

    Nunca tinha ouvido falar, mas gosto deste toque de realidade ao tratar de assuntos do cotidiano.

  44. Amoo graphic novels com essa temática mais cotidiana, inclusive tenho uma pesadona para te indicar, conhece Lucille do Ludovic Debeurme? Ela é francesa e no brasil foi publicada pela editora Leya, mas específicamente pelo selo Barba Negra. Ela é incrível. Anyway, fiquei muito interessada no trabalho de Julia, não conhecia e vou pesquisar mais sobre ela. Beijão ❤

  45. Oi Camila, tudo bem?
    Não conheci a autora, mas gostei muito, principalmente por ser uma temática que é bem fácil de se identificar com a autora. Obrigada pela dica, vou procurar.
    bjus,
    Amanda

  46. Nossa vou procurar com certeza.

    Beijos.

  47. Gabriela Lira disse:

    Fiquei super interessada! Essa fase dos 20 anos tá sendo algo complicada pra mim, cheia de dúvidas também e às vezes uma sensação de fracasso em alguns pontos.É bom poder ler coisas de pessoas que também passaram pelo mesmo, meio que nos sentimos mais fortes e menos sozinhos.

    Beijos

  48. Eu não a conhecia. Que demais, Cami! Obrigada pela indicação ♥

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *