Os quatro últimos… livros

Mini-resenhas dos livros: Bowie, a biografia + Os primeiros contos de Truman Capote | Não Me Mande Flores

1. Bowie – A Biografia, por Wendy Leigh – tradução de Joana Faro
título original: Bowie: The BiographyBest Seller 

Uma tarefa difícil para qualquer fã do Bowie, passar os olhos nessa capa linda – uma fotografia de Justin de Villeneuve, com tratamento metalizado – e não morrer de vontade de levar o livro para casa. Essa biografia do Bowie, surpreendentemente curta (322 páginas) foca na tragetória do músico, desde a infância, passando pela juventude desvairada em busca do sucesso, até atingir o estrelato ~ mas, curiosamente, pouco se fala sobre a música e a genialidade de Bowie. O livro é uma espécie de compilação de “escândalos” e detalhes íntimos da vida do músico, escrito de maneira inexplicavelmente careta ~ ainda mais inexplicável quando você se dá conta de que o biografado foi uma pessoa que ajudou a desconstruir tabus e redefinir costumes de gênero. É claro, o livro também tem seus momentos mais leves e curiosidades interessantes sobre o astro, mas é bom estar ciente desse approach mais “sensacionalista” para não se decepcionar.

∵ Americanas | Livraria CulturaSaraivaSubmarino ∵

2. Primeiros Contos de Truman Capote, por Truman Capote – tradução de Clóvis Marques
título original: The early stories of Truman Capote • José Olympio

Todo grande escritor precisa começar de algum lugar, certo? Truman Capote começou a escrever com 11 anos, com uma dedicação e fervor invejáveis ~ enquanto outras crianças praticavam violino ou piano, ele costumava dedicar 3 horas por dia para aperfeiçoar suas habilidades literárias. Os 14 contos desse livro foram descobertos em 2013 nos arquivos da Biblioteca Pública de Nova York e foram todos escritos na infância e juventude de Capote, muito antes dele se tornar mundialmente conhecido por livros como À Sangue Frio e Bonequinha de Luxo. Não são grandes textos, mas já dá para perceber ali a chama de algo maior e ainda inexplorado. A atenção aos detalhes e a escolha dos temas ~ observações cotidianas, personagens outsiders, o sul dos EUA ~ já estão presentes. Não recomendo começar com ele, mas se você já tem familiaridade com a obra do Capote (e especialmente se você é um escritor iniciante) é imperdível.

∵ Americanas | Livraria CulturaSaraivaSubmarino ∵

Mini-resenhas dos livros: Uma produção de Kim Jong-Il + Os Afogados e os Sobreviventes | Não Me Mande Flores

3. Uma produção de Kim Jong-Il, por Paul Fisher – tradução de Alessandra Bonrruquer
título original: A Kim Jong-Il production • Record

Com uma história real tão inacreditável que parece até ficção, o livro explora o projeto megalomaníaco de Kim Jong-Il, o notório ditador da Coreia do Norte, quando ainda era “apenas” chefe do Ministério de Propaganda do país (e filho do Grande Líder Kim Il-sung, é bom lembrar). Super fã de cinema e frustrado com as péssimas produções locais (especialmente em contraste com a florescente indústria cinematográfica da inimiga Coreia do Sul), Jong-Il decide sequestrar Choi Eun-hee, a mais famosa atriz sul-coreana e o seu ex-marido, o aclamado diretor Shin Sang-ok. O que se segue é uma história surreal de suspense, tensão e paranóia, digna do roteiro de um excelente thriller de ação. O livro é um raro vislumbre do que se passa dentro da Coreia do Norte, um projeto de “nação” totalmente fabricado e estruturado na violência e no medo.

 ∵ Americanas | Livraria CulturaSaraivaSubmarino ∵

4. Os afogados e os sobreviventes, por Primo Levi – tradução de Luiz Sérgio Henriques
título original: I sommersi e i salvati • Paz e Terra

40 anos depois do seu primeiro livro sobre o Holocausto, Primo Levi revisita alguns dos temas que o consagraram como um dos principais autores de memórias do século XX: o dia a dia de Auschwitz, a disciplina cega dos SS e as torturas físicas e psicológicas, entre outros. Mais do que contar uma história, o autor faz uma reflexão madura sobre a vida pós-campo de concentração e tenta responder a uma série de perguntas que o acompanharam por anos: Por que vocês não fugiram? Por que não se rebelaram?. Dolorido e necessário. 

∵ Americanas | Livraria CulturaSaraivaSubmarino ∵

E vocês, o que andam lendo?
Confira outros títulos na Bibliolove – a biblioteca virtual do blog!

This entry was posted in livros. Bookmark the permalink.

50 Comentários

  1. Maria Ladeira disse:

    Como não conheço nenhum…levo as sugestões!
    Bj

  2. Marcella disse:

    Amei os livros. Quero muito ler esse último sobre o Holocausto.

    bjs Má

  3. Carolina R. disse:

    Voltei para os livros acadêmicos, estou por fora dos demais assuntos, mas amo o assunto de Holocausto
    bj

  4. Clara disse:

    Eu adorei saber dessa história que envolve a coreia do norte e a coreia do sul ♥ Fiquei interessada em ler a história. Adoro seu estilo de leitura Cami, você é maravilhosa sempre indica coisas que eu NUNCA vi na minha vida! E faz com que eu queira ler os livros. Mas esses dois últimos são os meus favoritos desse posts. ♥

  5. wanessa disse:

    Os afogados e os sobreviventes, amei esse livro!
    Gosto de histórias com esta temática. Não tenho tido tempo para leitura :(
    bjoka

  6. Mani disse:

    Ca, estou LOUCA para ler “os afogados e os sobreviventes”, LOUCA! Adorei que você colocou aqui

    =*

  7. nnt disse:

    Confesso que sempre tive uma chama de curiosidade por Truman, mas nunca cheguei a ler. Tenho medo da escrita ser complicada, mas creio que depois de ler Crime e Castigo eu deva dar uma chance e deixar o receio de lado. Primo Levi também tenho curiosidade, mas repito o que disse acima, e o medo?!

    Um abraço.

  8. Gábi disse:

    Esse “Afogados e sobreviventes” deve ser muito bom! Deve ser intenso demais!

    beijos !!

  9. Gabriela Lira disse:

    Esse do Capote parece ser incrível.Ele começou cedo para os padrões de hoje e eu gosto muito de contos, então creio que eu iria gostar.

    Beijos

  10. Lulu disse:

    Essa biografia do Bowie deve ser o máximo.
    big beijos

  11. Os dois últimos são os que mais me interessaram.
    O livro do Levi estou ensaiando comprar há algum tempo… agora que conheço alguém que leu e me confirmou que é tudo aquilo que ele promete, agora sim tenho coragem de comprar :)
    E este da Coréia… não fazia ideia! Só de você falar imagino o desespero de ficar presa em um país deste… imagina lendo o livro? Boa indicação!!!

    Beijos Mila!
    Andréia Campos

  12. Claudia Hi disse:

    Não conhecia nenhum desses livros. Achei muito doido a história do Kim Jong-Il.

    Acho que nunca li uma biografia inteira, comecei lendo do Steve Jobs e não gostei. Nunca mais tentei ler outro. Acho que é mais interessante se você for fã mesmo da pessoa rs.

    • Camila Faria disse:

      Sem dúvida Claudia, a gente acaba se interessando mais por uma biografia quando o biografado é alguém que a gente admira, né? No caso específico do Steve Jobs, ele foi uma pessoa tão detestável que faço questão de NÃO saber mais do que já sei sobre ele. Hahaha! ;)

  13. VANESSA BRUNT disse:

    Fiquei louquíssima para ler “Primeiros Contos de Truman Capote”! Que lindeza! Curiosidade ficou gigantesca aqui. Adorei demais a indicação. E fiquei super ansiosa para conferir “Os afogados e os sobreviventes”. É sempre necessário analisar essas temáticas e mergulhar em entrelinhas da atualidade para caçar melhorias que ainda não foram pontuadas e/ou alcançadas. Adorei a listagem, como sempre. Enriquecida, variada, reflexiva e crítica. Uma beleza para mentes e corações em mesclagens!

  14. Duds disse:

    Quantas dicas legais! Tinha ficado curiosa pelo livro do Bowie mas realmente não curto essa “vibe” de focar nos escandalo. O cara tem TANTA coisa melhor pra ser lembrado e falado né?! Fiquei curiosa pelo do Kin Jon hahaha

  15. Sara com Cafe disse:

    Valeu para anotar e buscar… quando eu puder sair dos livros academicos um pouco hahaha
    Obrigado.
    Lindo final de semana.

  16. grazi disse:

    muito bom o post, não conhecia nenhum!

  17. Thayse disse:

    Gente, fiquei apaixonada por esse livro com os contos do Capote, de quando ele começou, deve ser muito interessante! Amei a indicação, Camila


    Beijos

  18. Oi, Camila!

    Achei os livros bem interessantes, principalmente o último! Já anotei aqui…

    Abraços e bom domingo, Cris

  19. Mary disse:

    Show de bola essa seleção. Eu já tinha ouvido falar que essa bio do Bowie é meio sensacionalista, pra vender mesmo, o que é uma pena com um trabalho de arte tão lindo e um biografado tão indescritivelmente maravilhoso como ele. Mas é assim mesmo, né? Capote posso nem falar, que gênio. Conheci na faculdade de jornalismo e virei fã, esses contos dele quando novo me despertaram muito a curiosidade. Agora, pirei mesmo foi nessa história do Kim Jong-Il. Quem iria imagina? Tô curiosíssima pra ler!!

  20. Não temos tido muito tempo para ler, mas gostamos das suas indicações são leituras bem diferentes das que estamos acostumadas, vamos anotar as indicações!!

    beijos

  21. Do Capote só li A Sangue Frio <3
    Preciso ler Bonequinha de luxo – uma grande dívida literária. E depois vou pegar esse que indicou.
    Beijos e boas leituras em setembro!

  22. Emerson disse:

    Gostei muito do primeiro livro.
    Beijos e boa semana!

  23. Olá,
    Acredita que não conhecia nenhum dos livros? HAHAHA
    Foi um post de novidades.
    Beijos

  24. Julie Chagas disse:

    Queria ter o hábito de ler mais e também mais tempo livre! Gostei das suas indicações, inclusive fiquei curiosa pela biografia de Bowie.

  25. Aline Amorim disse:

    Ainda não tinha ouvido falar sobre esses livros.
    “Os afogados e os sobreviventes” parece ser bem interessante.
    Beijos

  26. Gisele disse:

    Amei as dicas, interessei pela biografia!

  27. Barb disse:

    Ainda não conhecia os livros citados no post, mas salvei os que mais chamaram a minha atenção para futuramente compra-los.
    Gostei bastante da resenha feita para cada um dos livros <3

    Bjs

  28. Betty Gaeta disse:

    Oi Camila,
    Gostei das indicações. Quero ler os contos do Capote e o livro do Primo Levi.
    Bjs

  29. Bruna WB disse:

    Adoro como a sua seleção de leituras foge da maior parte das coisas que vejo por aí. Uns dias atrás eu li a biografia do Bowie também, mas achei algumas das partes um tanto forcadas. Porém, é difícil comentar porque biografias são coisas raras na minha lista de leituras. Não conheço os dois últimos livros, mas fiquei com muita vontade de ler – especialmente o do Primo Levi, já que eu sou muito curiosa para assuntos relacionados a esse período.
    Beijos,
    Bru

  30. Rhay disse:

    nossa, eu estava morrendo de vontade de ler o “bowie – a biografia” agora estou meio blé. agora “os afogados e os sobreviventes” com certeza estará no meu carrinho na próxima ida a livraria. <3

  31. Fernanda disse:

    Boa tarde Camila,

    Não conheço nenhum mas, gostei muito da resenha do David Bowie. Sou uma grande fã! :)

    Um beijo

  32. Kaila Garcia disse:

    Amei suas indicações, esses livros parecem ter histórias incríveis. Já anotei e com certeza vou ler! ❤

  33. Bianca disse:

    Que louca essa história do ditador da Coréia do Norte! Fiquei muito curiosa pra ler esse livro.
    Beijos

  34. hellz disse:

    O que curto na sua indicação de livros é que você sempre escolhe obras mais diferentonas pra trazer, o que acaba abrindo os olhos da gente pra coisas novas além de bestsellers super recomendados. No caso, meu coração palpitou bastante pelo livro do bowie *-*

    beijo

  35. Gente que vergonha, não havia escutado sobre nenhum! Mas adorei conhece-los e vou verificar mais a fundo.

    Beijão!

    Isa

  36. Eu fiquei curiosa sobre esse do Truman Capote, A sangue frio é um grande livro e não fazia ideia da história de vida dele. E também fiquei curiosa com o último :3

  37. Luly disse:

    Que capa SENSA essa da biografia do Bowie, já quero! Além de ser linda tem o fato de a gente poder ler, mesmo que de forma caretinha, mais sobre a vida dele, né, o cara foi e ainda é um ícone!

  38. Você é uma inspiração quando se trata de livros, viu? Nunca vi alguém ler coisas tão distintas. Quero ser como você!
    Eu vi esse livro do Bowie e a capa me deixou maluca. Nem sei sobre ele, mas me chamou muito a atenção. E falando em atenção, fiquei curiosa demais sobre esse livro do ditador da coreia do norte; que interessante! Vou ver se compro ele e vario minhas leituras.

    Beijos,
    Bi.

  39. Taís disse:

    Ai.. ultimamente não tenho lido nada =/
    Fiquei curiosa pra ler o numero 3 e 4, Cá!

  40. Dos quatro tenho três (só não o do Truman). Todos recebidos da Record. Só li o do Levi, e ainda não resenhei. Ele é muito triste (e necessário, como você disse) e ao mesmo tempo me deixou instigada a ler as demais obras dele. Logo vou resenhar com olhar de historiadora tá?!

    Beijos

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *