Os quatro últimos… livros

Mini-resenhas dos livros: Uma Temporada no Escuro e A Descoberta da Escrita | Não Me Mande Flores

1. Minha Luta 4 – Uma Temporada no Escuro, por Karl Ove Knausgård
tradução de Guilherme da Silva Braga
496 páginas • título original: Min Kamp 4 • Companhia das Letras

Quarto volume da série autobiográfica do escritor mais pop e mais polêmico dos últimos tempos (mais sobre Karl Ove e sobre os três primeiros livros da série nesse post). Dessa vez acompanhamos o escritor aos 18 anos, após terminar o equivalente ao ensino médio na Noruega, aventurando-se como professor de uma escola intermediária em Håfjord, uma vila de pescadores no norte do país. Entediado e inquieto, Karl Ove usa o tempo livre para tentar se tornar um escritor ~ e para tentar perder a virgindade. Paralelamente, o autor relembra sua rotina aos 16 anos, período-chave da separação de seus pais, quando ele começa (assim como o pai) a usar e abusar do álcool como motor social. Karl Ove tem a habilidade de transformar eventos comuns numa narrativa extraordinária. Como nos outros livros, ele explora o (excessivamente) íntimo e o mundano de maneira brilhante.

∵ Amazon | AmericanasFnac | Livraria Cultura | Livraria da Folha | Travessa ∵

2. Minha Luta 5 – A Descoberta da Escrita, por Karl Ove Knausgård
tradução de Guilherme da Silva Braga
632 páginas • título original: Min Kamp. Femte Bok • Companhia das Letras

O quinto volume da série é dedicado ao período que Karl Ove passou como estudante de escrita criativa na cidade universitária de Bergen e focado nas dificuldades e frustrações que envolviam as suas tentativas de se tornar escritor. Inacreditavelmente (ainda mais conhecendo hoje o conjunto da sua obra, tão rica e extensa) ele simplesmente não conseguia escrever. Para ele, acompanhar de perto o sucesso de seus colegas é mais do que apenas difícil, é uma verdadeira humilhação. Em paralelo somam-se as suas (já conhecidas) crises de insegurança e inadequações sociais. E, claro, não podemos esquecer, suas desilusões e insucessos românticos. Nessa edição conhecemos mais a fundo a sua história com Tonje, sua primeira esposa, uma peça importante que ainda faltava nesse ambicioso quebra-cabeça literário, parte-rememorado, parte-ficcionalizado. Uma leitura viciante. Mal posso esperar pelo sexto, e último, volume. 

∵ Amazon | AmericanasFnac | Livraria Cultura | Livraria da Folha | Travessa ∵

Mini-resenhas dos livros: Hotel Florida e Como Ser as Duas Coisas | Não Me Mande Flores

3. Hotel Florida, por Amanda Vaill – tradução de Ivo Korytowski
512 páginas • Objetiva

O subtítulo já diz tudo: verdade, amor e morte na Guerra Civil Espanhola. O livro é uma reconstrução do conflito através dos olhares de 3 casais: os escritores Ernest Hemingway e Martha Gellhorn, os fotógrafos Robert Capa e Gerda Taro e os secretários de imprensa Arturo Barea e Ilsa Kulcsar. Usando cartas, diários, documentos oficiais, filmes e notícias da época, a autora retraça a vida dessas personalidades e conta a história da guerra a partir das suas experiências pessoais durante o conflito. O livro tem MUITA informação detalhada sobre o período, o que é ótimo caso você goste de se aventurar nesse tipo de leitura histórica mais densa. O Hotel Florida em Madri, que dá título ao livro, é um local por onde os seis protagonistas passam, uma espécie de ponto de encontro de intelectuais e jornalistas na época. Curiosidade: hoje o prédio é ocupado por uma filial do El Corte Inglés, a maior rede varejista da Espanha.

∵ Amazon | AmericanasFnac | Livraria Cultura | Livraria da Folha | Travessa ∵

4. Como Ser as Duas Coisas, por Ali Smith – tradução de Flávia Castanheira
320 páginas • título original: How to be both • Companhia das Letras

De um lado: George, uma adolescente de 16 anos que viaja com a mãe para Ferrara, na Itália, para ver os afrescos do pintor renascentista Francesco del Cossa. Do outro: o próprio Francesco, imaginado pela autora como uma menina, que assume a identidade masculina para desenvolver melhor o seu talento no século XV. Uma história espelhada, de duplos, em que gênero, realidade e ficção se dissovem e se misturam. Difícil explicar o jogo genial que Ali Smith criou, histórias originais permeadas pelo universo da arte e do luto, que se conectam e se completam. O livro pode ser lido de duas formas: metade da tiragem começa com a narrativa OLHOS e a outra metade começa com a narrativa CÂMERA. Os livros foram encadernados intencionalmente das duas formas, para que os leitores tenham aleatoriamente experiências diferentes, lendo o mesmo livro. Gostei muito e pretendo ler outros livros da autora escocesa.

∵ Amazon | AmericanasFnac | Livraria Cultura | Livraria da Folha | Travessa ∵

O que vocês têm lido de bom ultimamente?
Confira outros títulos na Bibliolove – a biblioteca virtual do blog!

This entry was posted in livros. Bookmark the permalink.

41 Comentários

  1. VANESSA BRUNT disse:

    Fico tão louca com as suas indicações, sempre tão raras ou, no mínimo, apresentando lados intensos a mais para olhares diversos. É uma sensibilidade que quero sempre apertar e não tirar de perto. Fiquei louca para conferir os quatro livros! Fiquei louca com isso das tiragens diferentes de Como Ser as Duas Coisas.

  2. Viviane disse:

    O livro “Como ser as duas coisas” parece ser muito bom, fiquei muito curiosa para fazer a leitura dele. Os outros livros, assim como esse, eu nunca tinha ouvido falar ou vi em livrarias, que seja. Por isso, obrigada por falar sobre eles aqui <3

  3. Oi Mila! Gostei muito das sinopses e me deu curiosidade em ler todos, mas mais ainda os dois primeiros. Eu até estava pensando hoje em quanto tempo tem que não consigo completar a leitura de um livro. O excesso de trabalho tem consumido meu tempo…
    Questão de organizar né?!

    :**

  4. Papo Moleca disse:

    Adorei as sinopses, já quero ler <33

  5. Wanessa disse:

    sem leituras por um bom tempo Camila.
    Gostei das indicações, não conhecia nenhum.
    bj

  6. Contigo estou sempre a conhecer novos livros, obrigada por estas partilhas! :) Beijinhos

  7. Betty Gaeta disse:

    Oi Camila,
    Este livro “Como Ser As Duas Coisas” parece ser bem interessante e diferente. Gostei muito da sua resenha…
    Bjs

  8. marymicucci disse:

    Olá,

    Tô precisando ler um livro.

  9. Muito boas essas leituras gostei de conhecer os últimos livros que leu.
    Beijos

  10. Ana Carolina Mendes disse:

    Oii Camila, você vai fazer planner 2018? Se sim, pretende postar quando? O de 2017 me ajudou muito, vc arrasou, to ansiosa hihihi

  11. Liduh disse:

    Gostei das suas dicas, Camila. “Como Ser As Duas Coisas” parece ser interessante;)
    Bjs!

  12. Camila, não conhecia esses livros, mas Hotel Florida me chamou bastante a atenção!

    Beijo!

  13. Váh disse:

    Apesar de eu ter alguns livros na minha listinha, eu não tenho lido nada ultimamente :(
    Não conhecia nenhum desses quarto livros até então, mas adorei. Eu sempre adoro suas dicas!

  14. Taís disse:

    Cá, fiquei curiosa pra ler essa série do Karl Ove!
    Atualmente estou lendo o Snow Man do Jo Nesbo, to na metade :)
    Beijos!

  15. Camila! Fiquei um tempinho sumida, mas voltei à minha rotina bloguística e vim aqui ler seus últimos posts :)
    Adoro os seus posts de “os quatro últimos”, tanto de filmes quantos de livros, porque sempre fogem do comum (pelo menos dos blogs que acompanho). Achei o Como ser as duas coisas muito interessante e desejei ler :)
    Beijos!

  16. priscilla disse:

    AH adoro suas dicas literárias Cami!!
    De todos esses o que mais me atraiu fui “Como ser as duas coisas. Curiosa para começar a ler!

    Beijos
    Pri

  17. Mrs. Margot disse:

    Não conheço nenhum dos livros, mas esses dois primeiros prenderam a minha atenção, já ouvi falar muito bem do autor.

  18. Não conhecia nenhum. Mas o 1º pareceu-me bem interessante

  19. Júlia Evelyn disse:

    Me interessei pela Descoberta da escrita!

  20. Isy disse:

    Não conhecia as obras, mas fiquei curiosa!

    Bjxxx

  21. Oi, Camila!

    Ótimas indicações… Fiquei com vontade de ler essa série (1 e 2)… Vou pesquisar…

    Abraços, Cris

  22. Patty Lye disse:

    Que ótimas indicações de leitura, fiquei bem curiosa para ler o último livro. Um assunto bem interessante que acompanho de perto.
    bjs
    Patty Lye

  23. Joana disse:

    Parecem óptimos os livros :)
    Beijinhos

  24. Sté Maciel disse:

    Gosto tanto das suas indicações, Cami <3

  25. Karupin disse:

    Hoe, Camila! Tudo bem? :)

    Mais indicações primorosas de livros! ♥ Sei que a leitura deve estar sendo envolvente, mas estou achando incrível o fato de você estar acompanhando fervorosamente uma biografia em série tão longa. Estou quase convencida a espiar o primeiro volume, hehe! Enquanto isso não acontece, atingindo a minha zona de conforto, “Como ser as duas coisas” soou bem interessante!

    O livro que vou começar a ler, devido a um certo misto de exaustão, impotência e ansiedade pela situação em que o país se encontra, é “Raízes do Brasil”; o último que li foi “Senhor das Moscas”. :)

    Beijos, flor~

  26. Dani Ramos disse:

    Não conhecia nenhum dos títulos, fiquei curiosa para saber mais e até ler.

    Dani Ramos

  27. adorei! <3 tou doida pra ler 'how to be both'.

    Beijinhos
    n.

  28. Suelen Lima disse:

    Fiquei muito curiosa por esse Como ser as duas coisas! O resumo já me prendeu, amo tudo relacionado a itália e arte <3 vou pôr na minha listinha!

    Beijos sua linda!

  29. walter disse:

    Ainda não conheço esses livros, parecem ser ótimos! obrigado pela recomendação.

  30. Natz Sodré disse:

    Gostei muito da descrição do segundo e do último! Leria sem dúvidas… Beijokas Cah ;)

  31. To por fora da polemica e da obra do Karl Ove, vc acabou de me apresentar para esse moço. Vou dar uma pesquisada para entender os contextos todos.

    Fiquei MUITO interessada no Hotel Florida por razoes óbvias. Em tempos como os de hoje dá pra sentir como as memórias da guerra civil estao vivíssimas por aqui!

    O “How to be both” parece bem interessante pelo formato.

    Como , sempre, ótimas recomendaçoes! Agora mesmo to lendo “A sombra do vento”, um clássico daqui que também se passa no pós guerra. :)

  32. Gostei das dicas de leitura, embora eu esteja na correria.

    Big Beijos

  33. Gih disse:

    Eu nunca nem tinha visto esses livros rs,
    mas como adoro livros já peguei umas dicas.
    kisses

  34. Nana disse:

    Oi Camila,
    eu amei o último!
    A experiência de leitura dele, deve ser maravilhosa.

  35. Miguel disse:

    Obrigado querida :D

    Fiquei de olho no segundo livro e no último :D

  36. Uns livros bem diferentes do que leio, mas muito interessantes..

  37. Gostamos das indicações, são leituras bem diferentes do que estamos acostumadas, mas parecem muito interessantes!!

    beijos

  38. Mi Tavares disse:

    Olá, tudo bom?
    Gostei dos títulos. Mas o quarto me chamou mais atenção.
    Beijos

  39. Oi Camis, bem bacana sua seleção de livros! Eu estou lendo o livro “Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes” com a minha filha e super recomendo :)

    Beijos!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *