Como creditar imagens (e ser uma pessoa mais legal)

Como Creditar Imagens (e ser uma pessoa mais legal) | Não Me Mande Flores

Não é de hoje que esse assunto me acompanha (e me incomoda um pouco). Acho que a maioria das pessoas que tem um blog acha importante divulgar o trabalho de pessoas criativas e inspiradoras. Mas sempre me impressionou o fato de que, nem todo mundo se dá o trabalho de dar o devido crédito para imagens encontradas na web. Como se essas imagens estivessem ali na sua pesquisa do Google, esperando para serem usadas na sua montagem incrível ou no seu feed do tumblr.

O mais curioso é que eu já cansei de ver essas mesmas pessoas que usam imagens não creditadas em seus blogs/sites, reclamando que o seu conteúdo foi copiado por outra pessoa. A meu ver, a lógica deveria ser: se você não gosta de ter seu conteúdo plagiado, deveria dar muito mais atenção para as imagens que compartilha nas redes. Afinal, por trás dessas imagens bonitas que você tem usado, existe um autor não creditado (e que certamente está se sentindo tão ultrajado quanto você).

Guia Básico do Crédito Amigável ou Como Ser Legal Online

A verdade é que dar crédito dá um pouco de trabalho ~ mas não é nenhum bicho de sete cabeças. Com um pouco de coerência e boa vontade todo mundo consegue alcançar esse nível de iluminação e se tornar uma pessoa mais legal (online, pelo menos). ;) 

Cenário 1: eu sei quem é o autor da imagem e o link para a publicação original.

Esse é o melhor dos cenários. Você tem todas as informações necessárias para dar o crédito direto e levar o seu leitor para a publicação original (perfeito, caso ele queira informações adicionais). Exemplo prático:

Como Creditar Imagens (e ser uma pessoa mais legal) | imagem de Sunday Suppers

Foto da Karen Mordechai, do Sunday Suppers

Cenário 2: eu sei quem é o autor e o link original, mas vi a foto em um outro local.

É bem comum acontecer isso, achar uma referência bacana através de outro site. O ideal aqui é indicar não só a fonte original, mas dizer também onde você encontrou a informação inicialmente (em outras palavras, seja legal e divulgue suas fontes, afinal, você não encontrou a imagem sozinho). Exemplo prático:

Como Creditar Imagens (e ser uma pessoa mais legal) | foto do Will Adler, via A Cup of Jo.

Foto do Will Adler, via A Cup of Jo.

Cenário 3: eu não tenho nenhuma informação sobre a imagem, não sei de onde ela veio.

Você quer usar uma imagem, mas o local onde você a encontrou não informa o link original. Ou você já salvou essa imagem no seu computador e não se lembra de onde tirou. Entre no Google Images e arraste a imagem até o local solicitado (você também pode colar a url da imagem ou enviar uma imagem do seu próprio computador).

Como Creditar Imagens (e ser uma pessoa mais legal) | procurando as fontes das imagens no Google Imagens Como Creditar Imagens (e ser uma pessoa mais legal) | procurando as fontes das imagens no Google Imagens

O Google vai exibir uma lista de páginas que já publicaram essa imagem anteriormente. Se você tiver sorte, a fonte original vai estar entre as primeiras sugestões (como aconteceu com o exemplo acima, que usei para ilustrar o cenário 2).

Mas pode acontecer (e acontece MUITO) do Google listar um monte de tumblrs e outros sites que também publicaram a imagem sem creditar a fonte. Nesse caso, como você é brasileiro e não desiste nunca, sugiro persistir um pouco até encontrar uma boa alma que tenha publicado a fonte original. Ou desistir dessa imagem e passar para a próxima. O mundo está cheio de gente talentosa, que merece ser mencionada e linkada. #justsaying

Como Creditar Imagens (e ser uma pessoa mais legal) | imagens do Pinterest, Tumblr, We Heart It, Google e outros repositores

Cenário 4: eu encontrei a imagem no Pinterest (ou no Tumblr, no We Heart It, ou no Google), posso creditar esses sites?

Pelo amor dos deuses, não. Nada me deprime mais do que uma imagem creditada como “via Pinterest” e derivados. Todos esses sites são repositórios de imagens e não são responsáveis pelo conteúdo compartilhado. Caso você tenha encontrado uma imagem em um desses locais, sem o link-back para a fonte original, considere passar pelo processo do cenário 3.

Uma alternativa que eu tenho visto em alguns blogs é linkar a sua própria conta do Pinterest como fonte das imagens. Por exemplo, você faz uma montagem bacanuda de “Decoração Minimalista” no blog e informa que todas as imagens estão publicadas na sua pasta “Decoração” do Pinterest. Mas isso só é válido caso TODAS as imagens publicadas no seu Pinterest levem para as fontes originais das imagens. Senão é só mais uma maneira preguiçosa de fingir que está creditando (e ainda levar as pessoas para o seu feed do Pinterest). #estamosdeolho

Cenário 5: eu encontrei a imagem no Flickr.

O Flickr é um pouco diferente dos demais repositórios de imagens. Ele é uma plataforma de armazenamento de fotografias, em que cada usuário é responsável pelo nível de privacidade das suas imagens. Portanto, não basta compartilhar a foto que você encontrou por lá dando crédito, você precisa conferir se aquela imagem está liberada para compartilhamento.

Como Creditar Imagens (e ser uma pessoa mais legal) | Imagens do Flickr

Na lateral inferior direita de cada foto você encontra o tipo de licença que se aplica a ela. No exemplo da imagem acima, trata-se de uma foto All rights reserved, ou seja, você não pode reproduzí-la de maneira nenhuma. Mesmo que a imagem esteja liberada para compartilhamento, você deve verificar qual é a sua categoria dentro do Creative Commons (basta clicar em cima do link informado no site e conferir a sua breve explicação). A categoria Attribution-NonCommercial, por exemplo, permite que você compartilhe a imagem, dando o devido crédito, desde que não a use para fins comerciais.

Como Creditar Imagens (e ser uma pessoa mais legal) | Respeite o mundo das ideias

Vale lembrar que essa mesma filosofia do crédito amigável usada para as imagens, vale também para o mundo das ideias. Isso quer dizer que, é simpático e recomendável que você indique de onde tirou a inspiração para produzir determinado conteúdo (seja ele um texto, uma colagem, uma foto, uma tag, um freebie etc.), caso ela tenha vindo de fontes externas. 

E o mais bacana é que TODO MUNDO sai ganhando com esse cenário: a fonte original ganha o reconhecimento pelo seu trabalho (quem não gosta de saber que está impactando positivamente a vida de alguém, certo?); você ganha mil pontos de credibilidade e transparência com o seu público; e os seus seguidores ganham um universo de informação e novas referências.

(Além do mais, eu costumo dizer que a internet é uma cidadezinha de interior, onde todo mundo sabe o que todo mundo anda fazendo. Não se iluda achando que, não dando crédito, você está se apropriando de ideias e fontes secretíssimas. Tá todo mundo vendo e achando feio.)

 Como Creditar Imagens (e ser uma pessoa mais legal) |é bom esclarecer

Queria destacar aqui que a minha intenção com esse post não é me posicionar como credit police. Cada um lida com essa questão da maneira que melhor lhe convém: creditar ou não creditar é uma escolha pessoal e eu não estou aqui para dizer como você deve “arrumar a sua casa”. A ideia desse post é ajudar quem está um pouco perdido no assunto e quer tornar a internet um lugar mais amigável e menos hostil com os produtores de conteúdo.

Lembro também que dar o devido crédito para imagens e ideias não nos isenta de ter que retirar o conteúdo do ar, caso esse seja o desejo do autor. Por isso, no melhor dos mundos, além do crédito explícito e direto, o ideal é que a gente tenha também uma autorização dos responsáveis. 

Qual é a opinião de vocês sobre o assunto?
Como vocês lidam com essa questão dos créditos nos seus blogs/sites?

 

 ∴ info ∴
As imagens de abertura do post e do mundo das ideias foram gentilmente cedidas pela Ashley, do blog Ashley Ella Design. Ela disponibilizou essas e muitas outras imagens lindas nesse post, confiram! 

This entry was posted in web. Bookmark the permalink.

123 Comentários

  1. Achei o post super interessante, eu vou aderir a essa ideia e me tornar uma pessoa mais legal. haha
    Amei mesmo as dicas, de verdade!
    Eu também acharia super chato se alguem usasse uma imagem de minha autoria e não creditasse. rs

    Beijos

  2. Boa tarde, Camila!
    Achei muito bom o post, com esclarecimentos num assunto tão pertinente.
    Esse é um dos maiores problemas no mundo virtual – a perda da fonte. Tantas imagens e informações são postadas e publicadas que quando buscamos, muitas vezes não encontramos o autor ou encontramos divergências.
    O lance da imagem é pior ainda que o de texto e acho que todos usamos imagens sem saber os créditos, exatamente por não achar a fonte e realmente não acho isso legal.
    Gostei de saber sobre o google imagens e da próxima que usar algo sem saber, farei essa pesquisa.
    Abração esmagador.

  3. Camila, está certa rs eu preciso mesmo passar a creditar as fotos também. Muito bom!

  4. Luly disse:

    Post maravilhoso, de utilidade pública, fiquei com vontade de abraçar tanto ele, por existir, quanto você, por ser responsável por existência!
    Vou compartilhar right now, inclusive!!!!!

  5. UTILIDADE PÚBLICA! Obrigada por isso!

  6. Camila, que post!!!! Deu uma bronca em metade da internet e com delicadeza haha :D eu tento me policiar ao máximo com isso, principalmente as imagens de pinterest.. beeeijo

  7. Chell disse:

    MARAVILHOOOOSOOOO!!
    Vou usá-lo =P

  8. Anne disse:

    Esse é um assunto delicado, e você soube abordá-lo com clareza e uma super tranquilidade!
    Eu procuro creditar as imagens quando sei a fonte original, mas é aquela velha história de salvar pra usar depois, mudar o nome, e admito muitas vezes acaba passando. Vou me policiar mais daqui pra frente em relação a isso e ajudar a fazer da internet um lugar mais amigável! =D
    Beijo

  9. Adorei totalmente o post! Completamente útil!
    Creditar imagens, além de ser o ideal, também é importante para evitar probleminhas de cópia. Ótimo post!
    bjs
    blogtrashrock.com

  10. disse:

    É mais fácil do que parece descobrir as fontes das fotos, o Google quase sempre acha pra gente. Vivo falando disso e fico feliz de ver mais gente batendo nessa tecla! <3

  11. Giuli Castro disse:

    Tb acho bem importante sempre creditar as imagens. Raramente, nao acho o dono, mas estou sempre aberta a me contatarem e me pedirem os creditos. Em geral, prefiro eu mesma produzir minhas fotos e montagens.
    Beijos

  12. yasnaya disse:

    Olha, essa do Google imagens eu não sabia hein…
    Já fiz muitos posts colocando *google sem sentir culpa, véi que loko… Bom, agora tá tudo certo.
    Ótimo post!!! Tipo espalhar na interwebs geral ♥

  13. Adorei sua iniciativa em fazer esse alerta.
    Eu sempre tenho uma preocupação em deixar o link da fonte das imagens que eu uso no blog, acho importante dar os créditos.
    Beijos

  14. wanessa disse:

    Ótimo post. Confesso que usava no início citando fonte e tals, depois q tive um problema de uma amiga q escreveu o post e não citou o blog a blogueira fez barraco, mas eu não sabia o q tinha ocorrido, acabei retirando a imagem já q ela foi bem grossa cmg.
    Atualmente, não uso referências muitas vezes por preguiça mesmo :( mas deveria.
    bjoka http://diadebrilho.com

  15. Uma das postagens mais importantes que eu li hoje. Parabéns pela atitude Camila. Essa do google eu juro que não sabia que dava pra fazer isso :D aprendi!

  16. Letícia Luz disse:

    muito legal abordar esse assunto! lembro que no começo dos blogs e dessa coisa toda de internet, a gente não tinha toda essa preocupação, mas aí, a internet virou coisa séria e muitos artistas começaram a usá-la para expor trabalhos e dar os créditos virou algo não só obrigatório como ético, sem contar que ajuda a criar uma rede de colaboradores. Se creditar certinho todo mundo se ajuda (:

    (já falei que tenho vontade de abraçar seu blog e não soltar nunca mais?)

  17. Post perfeito, Ca! Eu sempre procuro dar os créditos, porém tem vezes que tenho dificuldades de achar o autor e deixo passar. Ponto negativo para a minha pessoa nesses casos. Já passei por isso também, de outras pessoas usarem a minha imagem ou copiar o meu conteúdo sem dar crédito e não foi legal. Por isso, procuro ao máximo produzir as minhas fotos para não ficar usando tanto imagens de outros autores em excesso e evitar problemas. Eu produzindo as minhas fotos aprendo muito mais e ainda pratico os meus conhecimentos. Mas quando não é possível ter a minha própria imagem, não tem jeito…Parabéns pelo post e posicionamento, sou sua fã, já te disse isso! Um beijo e ótimo feriado!!

  18. Roberta Maia disse:

    Camila do céu, que post esclarecedor e providencial. Muito obrigada! Confesso que eu linkava via Pinterest (que vergonha dos deuses!)… E também já vi gente plagiando fotos e textos meus sem os devidos créditos, talvez até por desconhecerem a política da boa vizinhança dessa cidadezinha do interior, vai saber… Minhas caligrafias circulam livremente pela internet e instagram, aparentemente, são filhas sem mãe. Muito chato isso…

    Um beijo!!

    • Camila Faria disse:

      Oi Roberta, não precisa ter vergonha, imagina! Todos nós (inclusive eu) já cometemos deslizes em relação aos créditos, o importante é o desejo de mudar e melhorar sempre! Um beijo!!

  19. Chic' Ana disse:

    Muito bom, obrigada por este guia!
    beijinhos

  20. Lu Cruz disse:

    Eita assunto que o povo não aprende de jeito nenhum. Tenho esse cuidado no blog e espero nunca ter esquecido de creditar ninguém. Me dá nos nervos quando vejo assim: “Fonte: Google”. Dá vontade de pedir pra pessoa apagar o blog, porque é muito falta de noção achar que o google é um produtor de conteúdo.

  21. Iris Barbas disse:

    Oi Camila!

    Muito boa e esclarecedora esta tua postagem!
    Um ótimo feriado!

    Abraços, Iris

  22. Natalia disse:

    Eu discordo em relação a escolha, não deveria ser uma escolha creditar ou não. Se a pessoa está usando um material que não é dela, pra mim é mais do que óbvio a obrigação de creditar. Mas enfim, eu trabalho com imagem, então talvez minha opinião seja menos tolerante em relação a isso. Excelente post!

    • Camila Faria disse:

      Oi Natalia, é verdade, deveria ser obrigatório mesmo. Mas como obrigar uma pessoa a ter noção (e educação, e gentileza, e tantas outras coisas necessárias para uma boa convivência em sociedade)? Se você descobrir a fórmula alguma dia, me conta! ;)

  23. Adorei o post Cami!!

    Sabe que bem no comecinho do blog eu não tinha essa preocupação porque parece que as imagens divulgadas estão “soltas” na internet à nosso disposição e só comecei me preocupar com isso qdo fui avisada por amigos de fotos minhas que estavam circulando em outros blogs sem os créditos… e foi então que comecei a ver a importância disso.

    Acho que essa é a parte mais difícil de bloggar… gasto um bom tempo para fazer os meus posts de segunda pq fico checando os sites para colocar abaixo das imagens que vou publicar – dá trabalho, mas sei que algumas coisas passam batido na hora de escrever por isso a importância que mais pessoas falam sobre isso como você fez… é simplesmente uma questão de respeito.

    Beijos e bom feriado!!

  24. Post de utilidade pública!!
    Eu sempre credito ou uso minhas próprias imagens lá no blog. Essa dica do google imagens eu ainda não conhecia. Beijos

  25. Gabriela Lira disse:

    Juro que não sabia que dava pra pesquisar as imagens no google, se eu soubesse já tinha começado a creditar antes.A maioria das fotos que eu encontro são no Pinterest e lá quase nunca me dão a matriz, sem contar que boa parte das imagens utilizadas por mim são bemmmmm antigas, então, nem sempre as fotos têm uma origem exata e por isso eu deixo passar, mas eu vou usar essa dica do google e tentar procurar todas as fontes.

    Beijos!

  26. VANESSA BRUNT disse:

    Mila, que delícia de postagem! Super clarificadora, com uma mensagem de base SEMPRE excelente de ser relembrada e, ainda mais, de forma aprofundada assim. Amei isso do Google! Obrigada por compartilhar tantos meios bacanas com a gente.

    http://WWW.SEMQUASES.COM

  27. Lulu disse:

    Olá, Camila!
    Gostei dos esclarecimentos sobre creditar imagens, na maioria das vezes eu incluo a fonte e acho importante iso.
    Big beijos
    Lulu on the sky

  28. Vou salvar suas dicas aqui nos favoritos, preciso começar a praticar isso :)

  29. Maria Ladeira disse:

    Por acaso durante muito tempo…colocava roubado da net…pois muitas vezes gosto e guardo para mais tarde usar!
    Ultimamente…devido ao número de fotos que tenho…raramente preciso!
    De qualquer modo…indicar a via é sempre importante. Bj

  30. Ana Claudia disse:

    Adorei o post!
    Eu tento sempre colocar as fontes, mas preciso dizer que quando eu não acho fácil, eu tendo a desistir e colocar uma coisa mais genérica. Mas já está na agenda há algum tempinho ir atrás das fontes do blog para creditar corretamente as imagens!
    :)

  31. Oi Camila!
    Acho que você está coberta de razão e admito que não dou os devidos créditos às imagens que utilizo lá no blog. Geralmente porque o tempo é corrido para preparar a postagem e acabo me passando nisso.

    Mas vou tomar vergonha em minha cara e me dedicar um pouco mais! rsrs

    Ah! Te indiquei em um selo lá no blog. Se não curtir esse tipo de “corrente” não se preocupe. Só fiz para demonstrar meu carinho pelas blogueiras que sigo.

    :**

  32. Bruna Lima disse:

    Amei! Eu meio que ignorava que TODAS as imagens precisam dos devidos créditos e colocava só em algumas, as mais fáceis de achar, mas eu ficava com um certo peso na consciência de não deixar claro de onde ela veio…
    Eu não tinha nem ideia disso do Google Imagens! Já vou usar pra produção de um post dessa semana :D
    Já deixo avisado que vou linkar esse post maravilhoso nos links da semana no meu blog, utilidade pública <3

  33. Julie disse:

    Adorei o post, Camila! Sempre tive dúvidas de como creditar imagens e agora você me deu uma luz, hihi. Bjs!

  34. chica disse:

    Que legal esse post,Camila e é mesmo importante isso. Procuro sempre dar os devidos créditos.Pode até ser que algum escape! Valeu! bjs, lindo fds! chica

  35. kammy disse:

    amei as dicas Cá!
    vou passar a fazer isso confesso que as vezes esqueco rsrs

    bjos
    kammy

  36. Clara disse:

    Camila esse é sem sombra de dúvidas um dos melhores posts que eu já li na minha vida, e percebo o quão delicado é o assunto, porque as vezes a gente usa algumas fotos, e não sabe como dar os devidos créditos! Agora eu nunca mais terei dúvidas na minha vida, o seu blog sempre foi uma fonte de inspiração para mim e saber de coisas como essa me ajuda muito a melhorar o meu próprio blog! Eu achei as dicas tão válidas que gostaria de compartilhar MIL VEZES, e curtir Mil vezes aqui e dizer “que post incrivel”, eu já utilizei algumas fotos de fansites de artistas, e agora aprendi com meus erros, farei sempre certinho daqui pra frente! AAAAAAAAH melhor post pra mim, foi muito educativo!

  37. Flavia disse:

    Amei o post! Foi super esclarecedor e com certeza vai ajudar muito!

    Um beijo é ótimo finde!

  38. Luna Amil disse:

    Oi Camila. Primeiro quero te agradecer por ter visitado o meu cantinho e pelo comentário (que não tomei a liberdade de responder porque o conteúdo do post é da outra colunista). Em segundo lugar, adorei essa tua postagem, sempre tive todo o cuidado do mundo de creditar tudo que uso no blog, só não sabia que estava creditando de forma errada. Com essa ajuda linda, vou poder fazer do jeito correto.
    Espero te ver mais vezes pelo Canto da Lua.

    Beijos!

  39. Tamara MR disse:

    Excelente texto. Muito bom. Eu estou me policiando mais com relação as imagens, mas por enquanto eu só coloco o link da imagem na própria imagem mesmo, se a pessoa clicar na imagem vai visualizar a imagem original com o endereço dela. Mas gostei das formas que você colocou. Vou passar a seguir esses passos. Parabéns pelo texto e obrigada por nos ajudar. Beijos!

  40. rafaribeiiro disse:

    POST DE UTILIDADE PÚBLICA!! preciso compartilhar :P hehe

    Beijos <3

  41. Ai amiga, vc é uma linda! Eu tb não entendo qual é a dificuldade que as pessoas tem em dar créditos e qual é a razão dessa necessidade sem fim de se apropriar das idéias dos outros…Não é feio pesquisar e é incrível enaltecer o trabalho dos outros. Nunca entenderei, não faço parte desse grupo doido…
    Bjs!

  42. Bruna disse:

    Puts! Curti muuuuuito esse post. Inclusive já deixei salvo nos favoritos para ser uma fonte de pesquisa quando eu estiver com dúvida sobre o assunto. Muito obrigada, Ca.

  43. Acho bem dificil creditar imagens, uma das minhas maiores dificuldades, até pq muita coisa que ta na net já foi repostado e passado muitas vezes, complica bastante.
    Mas ótimas dicas, ajudou bastante.

  44. Liduh disse:

    Post excelente, Camila. Esse é realmente um grande problema no mundo virtual/blogs: a falta de crédito nas imagens. Tenho sempre mto cuidado com isso e coloco no finalzinho dos posts links para as fontes;)
    Bjs!

  45. Emerson disse:

    Post bastante esclarecedor, que vai ajudar muita gente, inclusive a mim.
    Parabéns!
    Bom final de semana.

  46. Tati Bertucci disse:

    Achei o seu post extremamente útil e vai ajudar muita gente, até quem não faz por mal e erra por falta de conhecimento.
    Quando não tiro as fotos dos meus posts, uso de um banco de imagens gratuitas, mas geralmente não dou créditos ao fotógrafo.
    Vou começar a colocar o nome dele e o link do banco de imagens.
    Vou compartilhar esse post com mais gente! :D
    Beijos

  47. Thay disse:

    Vontade de espalhar esse post mundo afora! Creditar é realmente uma coisa bem simples mas que nem todo mundo tem o cuidado de fazer. Não tenho o costume de usar fotografias desse tipo em meus posts mas, se porventura o fizer, o crédito darei sem a menor dúvida. É o mínimo que posso fazer por alguém que compartilhou seu trabalho na rede e merece ser reconhecido. Ótimo post! <3

  48. Tá ouvindo esse barulho? Sou eu batendo palmas para esse post! Maravilhoso <3

  49. Bianca disse:

    Acho super importante saber creditar as imagens, me incomoda muito quando vou a algum blog e há créditos para a conta do pinterest da pessoa… Eu prefiro usar stock images porque aí é mais certeza de que não vai ter nenhum problema em relação a direitos autorais :)

  50. Bia disse:

    Adorei o post! Estava procurando esse tipo de informação pois comecei um blog recente com uns amigos e não tínhamos certeza de como creditar imagens de terceiros.
    =D

  51. Nat disse:

    Maravilhoso esse post. Eu sempre faço questão de creditar e buscar bem. <3

    Beijos, Nat

  52. Paulo Freitas disse:

    Achei incrível. De fato é uma preocupação que eu tinha, mas que não levava tão a sério. Mas quem cria o conteúdo tem toda uma atividade intelectual que não pode, de maneira nenhuma, ser desvalorizada.

    Achei incrível, e os tomarei o maior cuidado da vida nos próximos posts do meu brogí.

  53. Paulo Freitas disse:

    Achei incrível. De fato é uma preocupação que eu tinha, mas que não levava tão a sério. Mas quem cria o conteúdo tem toda uma atividade intelectual que não pode, de maneira nenhuma, ser desvalorizada.

    Achei incrível, e os tomarei o maior cuidado da vida nos próximos posts do meu brogí.

  54. Luciana disse:

    Óh Deus, que coisa linda de se ver!
    Eu mesma vou te confessar que não sabia muito bem creditar imagens quando não tinha a fonte, e o post me ajudou muito! Já anotei todas as dicas e de agora em diante serei uma pessoa melhor!!!
    <3

  55. Cheguei aqui pelo Tacho da Pepa. Amei seu post, vou compartilhar. Essa semana, mesmo, vi imagem de um post meu circulando na página do facebook de alguém. Até fiquei lisongeada em ver a foto do meu trabalho entre outros lindos das tal coletânea, MAS – a pessoa ganhou 250 compartilhamentos, 2.500 curtidas com a minha foto – e mesmo quando era elogiada como se ela fosse a autora do trabalho, não se dignou a dizer que não era dela…adoraria ter tido essa avalanche de pessoas chegando no meu blog, né? Na verdade, não tenho muitos grilos com o “copiar” ideias – pois acho que todas nossas ideias são construções do que vemos e aprendemos por aí. E sempre acho que cada um faz com sua identidade, seu jeito especial. Mas se “apropriar” da ideia concreta, ali mostrada no seu original, sem dizer de onde vem…tá na hora do povo aprender!

    • Camila Faria disse:

      É triste, né Marion? Ver alguém levando o crédito por um trabalho que é seu é difícil. Também acho que nossas ideias são construções, inspiradas pelo trabalho de diversas pessoas, por isso mesmo encorajo as pessoas a divulgar as suas fontes e compartilhar o amor. obrigada pela divulgação! :)

  56. elisamello disse:

    Olhaaa que interessante esse post, é muito necessário que as pessoas saibam disso! haha
    Pessoas como eu, que são fotógrafas sabem como é triste ver sua foto sem os devidos créditos!

  57. Thayse disse:

    Nossa, não sabia que dava pra fazer isso no Google, para tentar achar o crédito da imagem. Ótima dica. Eu raramente sei o autor das fotos e uso apenas o link encontrado (não o link do buscador, mas sim aquele que consta na imagem). Acho super importante levantar essas questões, Camila. Parabéns pela iniciativa.


    Beijos

  58. Cris disse:

    Eu tento sempre fazer minhas próprias imagens, acho mais fácil, mas quando não dá eu dou o crédito de onde eu tirei. Confesso, que não fiz todos esses passos, então acredito que não creditei tão corretamente. Em minha defesa, eu não sabia disso no google! Que genial ♥ Agora posso editar os posts e creditar mais corretamente. Ótimo post :)
    Beijos! =**

  59. Natz Sodré disse:

    Ameeeei o post Ca! Eu não sabia de algumas formas de creditar que você postou aqui, porque eu raramente pego imagens da internet, uso as que eu fotografo mesmo.. E quando acontece de eu pegar alguma eu copio o url da onde ela vem, geralmente do pinterest.. Eu também acho muito chato quem pega imagens e não diz da onde elas vieram.. beijokas :)

  60. Ingrid disse:

    CAMILA OBRIGADA POR ESTE POST!

    Já tive várias dúvidas de como creditar, o que deve-se creditar eu já sei, mas como não, rsrs. Na Fanpage acho mais fácil, mas ao longo do post sempre achei poderia quebrar a estética e o conteúdo, mas vou passar a usar os seus exemplos.

    Obrigada.

    http://www.cantinhob.com

  61. Luísa disse:

    Oi, Camila!
    Adorei o post e não sabia da dica do google e desse lance do flickr.
    Eu tento sempre creditar as imagens, mas às vezes é bem difícil encontrar a fonte original e eu acabo colocando “imagem via” e o site onde achei, que não necessáriamente foi quem produziu a imagem.
    Vou seguir suas dicas e me policiar mais na hora dos créditos!

    Beijos!

  62. Que post maravilhoso!
    Arrasou muito e vou espalhar pelas minhas redes ;)
    Beijos

  63. Caroline disse:

    Ótimo post! Obrigada por compartilhar esse tipo de informação. Pouca gente conhece essa possibilidade de encontrar a fonte da foto pelo Google Imagens, infelizmente!
    Beijo!

  64. Taís disse:

    Post mais maravilhoso dessa blogosfera, Camila! Sensacional mesmo, parabéns! Esse teu post deve ser compartilhado com todo mundo mesmo, e assim, construimos todos juntos uma internet melhor e mais justa, já que todo mundo acha que é terra de ninguém, né?
    Tô sempre me policiando tb pra ter certeza de dar os devidos créditos e buscar fontes confiaveis, mas com certeza já devo ter pisado na bola e esquecido ou então desistido de ir procurar a fundo o autor da imagem, eu nunca me lembro da existencia do Google Imagens e com certeza fica a bronquinha aí pra mim tb, usa-lo quando não achar a fonte!

    Obrigada por esse post e vou passar ele pra frente ♥

  65. Super legal o post. Não dou crédito com frequência as imagens postadas em posts do meu blog e tenho que ficar atenta a estas coisas. A relação com as ideias também são muito esclarecedoras e muita gente rouba ideia que é uma coisa, parece que aqui é terra de ninguém.

    Bjos e boa noite

  66. Isa disse:

    miga, eu li e reli esse texto (mara) umas 982901280912 vezes e acho que tô fazendo tudo direitinho, mas caso algum dia vc veja algo errado lá no blog, vc me avisa: tipo, de verdade? vira e mexe eu coloco coisa do NMMF pq, claro, né <3 almas gêmeas. mas de jeito nenhum quero creditar errado (ou pior, não creditar), e nem que fique aquele clima "não vou pedir pra arrumar pra ela não ficar xati…". pode pedir, tá?
    é engraçado como as pessoas acham que internet é terra de ninguém ATÉ surgir a oportunidade de ganhar algum dinheirinho com aquilo, né? dai não, dai todo mundo vira profissional. mas com o tempo, tenho certeza, a gente vai construindo essa cultura legal.

    • Camila Faria disse:

      Miga, você é a rainha da internet. Se tem alguma coisa “errada” que você tá fazendo é na vida real mesmo (não vindo morar aqui no Rio, se tornando a minha bff). E tenho dito. ;)

  67. Renata Oliver disse:

    Ahh como é bom ler posts como este. Amei e me ajudou muito. Sou super contra plagio ou coisas do tipo, acho desrespeitoso, talvez as pessoas não sabiam como fazer…Agora sabem. :)
    Amei o post!!

    bjss <3

  68. Le disse:

    Vish, eu estava fazendo tudo errado! Então, muito obrigada por essa “luz”, hehe. Corri pra arrumar as coisas lá no meu blog!
    <3

  69. Jeice Cruz disse:

    Antigamente eu postava tudo quanto é foto nos meus blogs antigos,mas no atual eu decidi usar só fotos de minha autoria e confesso que não conhecia esses mecanismos de creditar imagem e é bom saber,porque se algum dia eu resolver usar uma foto qualquer,saberei onde encontrar de quem era.

  70. In love com esse post! Me tirou dúvidas que tinha há séculos ahahah!
    Apesar de ter o disclaimer é sempre bom dar os créditos aos responsáveis!

    Beijão! Isa

  71. Fêh Zenatto disse:

    Muito bom o post!
    Acho que todo mundo já pecou um pouco nessa parte, seja por desconhecimento, seja por preguiça!
    E mais do que isso, acho essencial, sim, creditar as imagens. Isso é extremamente importante e uma grande forma de valorização do trabalho alheio!

    Vou seguir e incorporar as dicas do post pra minha vida bloguística!
    Beijos.

  72. BA MORETTI disse:

    post maravilhoso ♥ super me esclareceu coisas que eu fazia errado (achando que tava fazendo certo) e nem sabia :~ que bom que tem posts como o seu pra dizer ~ei miga, tem que melhorar issae~ ♥

    :*

  73. Mary disse:

    que post maravilhoso. Salvei nos favoritos para referencias futuras. Apesar de já formada e experiente no cosumo de conteúdo (rs) o mundo da produção de conteúdo é novo pra mim. Não poderia ter vindo em hora melhor <3

  74. Esclareceu algumas coisas que eu realmente não tinha conhecimento. Obrigada. É muito importante que as pessoas percebam que a Internet não é “terra de ninguém” mesmo. A partir de agora vou seguir suas dicas a risca, porque todo trabalho merece ser valorizado.

    Um beijo.

  75. Juliana disse:

    Uau!!!! Alguém tinha que fazer esse post, em nome de todos nós criativos! Que bom que foi você, Camila querida! Te admiro ainda mais! <3 Por uma web mais cheia de amor e respeito.

  76. Samantha disse:

    Muito obrigada por este post, sério! Estava pesquisando muito sobre como creditar as imagens que acho porque pego muitas no Pinterest. Antes estava incorporando as imagens direto de lá, mas isso demora muito para carregar nas postagens então queria uma forma diferente. Obrigada!

  77. Valew pelas dicas!!!! Sempre pego as imagens dos bancos de imagens CC0 (adoro o stocksnap.io) e mesmo que não seja obrigatório seria legal colocar os links. Ainda sim, rola aquela dúvida do que linkar e onde colocar os créditos no caso dos headers!

    Cheguei aqui através do post da Karine do coffee and flowers

  78. Érima disse:

    Texto muito bom! Obrigada

  79. Amon disse:

    Ótimo post! esclareceu muitas dúvidas!
    Mas gostaria de saber: Em uma fanpage, posso postar uma foto de um artista, creditando a foto com nome e link da pagina no face?
    Sei que se eu compartilhar, já resolve tudo isso, mas é que compartilhando, a imagem fica menor do que se eu posta-la com créditos entende?

    • Camila Faria disse:

      Oi Amon, no caso de uma fanpage, acho que o ideal é marcar o artista na sua postagem, caso ele tenha uma fanpage própria dentro do Facebook. Caso contrário, você pode indicar um link para o website ou outra rede social do artista, sem problema. Um abraço!

  80. Débora disse:

    Nossa, muito obrigada pelas dicas. Estava meio perdida em como agir. Acho justo valorizar o trabalho dos outros e essa é uma boa maneira de fazer :D

  81. Luís disse:

    E podemos usar qualquer fotos desde que mencionado o autor e o respetivo link ou há excepções?

    • Camila Faria disse:

      Oi Luís, acredito que deva sempre prevalecer a vontade do autor. Sendo assim, o ideal é ter a autorização do autor, além do crédito explícito e direto.

  82. Vanessa disse:

    Se eu postar a foto de um ator ou cantor famoso no Facebook e creditar eu n estarei roubando neh? Muitas das fotos que eu qro não aparecem na opção de “sem restrição para uso e compartilhamento” no Google e muitas vezes a foto é bem antiga. Se eu não usar com fins comerciais e só por postar e colocar os créditos,links e a rede social da pessoa da foto ou do autor não estarei roubando?

    • Camila Faria disse:

      Oi Vanessa! Em teoria, todas as fotos têm autoria, mesmo essas antigas dos famosos. Mas sei como é difícil encontrar a fonte original dessas imagens do mundo do entretenimento, é um desafio mesmo. Uma opção simpática é indicar onde você encontrou a imagem, algo do tipo: “imagem encontrada em xxx”. Um abraço!

  83. Thaynna Bocos disse:

    Amei as dicas! Obrigada! =)

  84. Mário Ameni disse:

    Muito boa a sua orientação, pois já tive vários problemas de inserção de fotos com direito autoral que não tinha nenhuma referência no Google Photos. E desta forma, vou pesquisar mais – Mesmo quando estou elogiando a obra ou a foto referenciada, as pessoas acionam o advogado para uma ação judicial.

  85. Renato disse:

    ⚀ Só foi bizarro a autora Camila, ao final, ficar pedindo desculpas e justificando. E ainda fez errado, pois deveria apenas ter dito que esses são alguns procedimentos éticos de quem deseja sair do amadorismo e ficar cada vez mais profissional no ramo da comunicação, consequentemente ganhar credibilidade e receber convites para projetos cada vez melhores..

  86. Luana Castro disse:

    amei o conteúdo! bem claro e leve.
    Sou fotógrafa de arquitetura e vou fazer uma publicação sobre isso lá. Vou colocar um trecho seu na explicação, e claro, dando os devidos créditos. :))

  87. Faïzca de Luz disse:

    Gratidäo.

  88. Patrícia Almeida disse:

    Oi querida, e se eu montar uma imagem- publicação, etc no Canva com uma imagem achada na internet, como faço por exemplo na postagem pra identificar que eu fiz, mas usei uma imagem de alguém,.. não vejo no Canva identificação..m

    • Camila Faria disse:

      Oi Patrícia! Não estou muito familiarizada com o Canva, mas entrei no site deles agora e vou tentar te ajudar. Acredito que você possa identificar a sua imagem com algo do tipo “imagem/publicação criada utilizando os recursos do Canva”. Se você quiser ser BEM específica, dá até para linkar o template que você usou como base (por exemplo, esse aqui: https://www.canva.com/pt_br/modelos/EAD3sRWuJ8M-cartaz-azul-e-creme-de-abra-o-virtual/). Caso você faça o upload de uma imagem ou elemento externo, acredito que o melhor a fazer seja identificá-lo. Ficaria assim: “imagem/publicação criada utilizando os recursos do Canva + foto do Will Adler”. Me avisa se era essa a sua dúvida, pode ser que eu não tenha entendido direito. Um abraço!

  89. Jansne disse:

    Imagine o cenário: gosto de uma foto no Tumblr e quero fazer um post com ela no msm site sem “rettwitar” como dou os créditos ao dono da foto? coloco o @ do tumblr?

  90. Danniel Melo disse:

    Perfeito, Camila! Como você disse: “Muita gente talentosa no mundo e MERECE ser creditada”!! Faço apresentações corporativas e utilizo sempre banco de imagens como pexels, unsplash, etc.. mas sempre importante creditar! Gostei muito do seu conteúdo! Parabéns!

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *