Os quatro últimos… livros

Mini-resenhas dos livros Bolo Preto e As convidadas | Não Me Mande Flores

1. Bolo Preto, por Charmaine Wilkerson – tradução de Karine Ribeiro
304 páginas • título original: Black CakeParalela

Byron e Benny são irmãos que, diante da morte da mãe, precisam deixar de lado suas diferenças e os ressentimentos que cultivaram um pelo outro ao longo dos anos. Reunidos novamente para ouvir uma gravação deixada por ela, os irmãos descobrem a verdadeira história da mãe e são confrontados com segredos que abalam tudo o que pensavam que sabiam sobre sua família e sobre si mesmos. O tal do bolo preto é a chave para desvendar a herança deixada pela matriarca, uma tradição que possuía muito mais significado do que os irmãos poderiam imaginar. A estrutura do livro é um novelão (no sentido depreciativo, infelizmente). Os irmãos demoram dias para ouvir a gravação deixada pela mãe, fazem pausas, saem da sala, deixam para o dia seguinte… Tudo isso como estratégia da autora para deixar tudo mais misterioso e adiar a revelação (claro!), mas QUEM faria isso na vida real? Os capítulos são curtíssimos, alguns com apenas uma, duas páginas. Pessoalmente, prefiro capítulos mais trabalhados, com menos pausas e quebras na estrutura narrativa. A história e a escrita da Charmaine Wilkerson não são particularmente ruins, mas a minha impressão no final do livro é que autora se dedicou exclusivamente a fechar TODAS as pontas soltas, a dar um final feliz e/ou adequado a CADA mínimo personagem ~ tipo fim de novela mesmo. Desnecessário. O livro foi best-seller do New York Times e vai ser adaptado para uma série, produzida pela Oprah Winfrey, além de ter virado queridinho de celebridades do naipe de Barack Obama, mas não me emocionou.

Compre esse livro!

2. As Convidadas, por Silvina Ocampo – tradução de Livia Deorsola
264 páginas • título original: Las invitadasCompanhia das Letras

São 44 contos bem curtinhos, mas nem por isso menos curiosos ou instigantes. Todos possuem elementos fantásticos (alguns mais do que outros), uma certa estranheza ou algum componente insólito. Como se Silvina olhasse para a realidade da vida cotidiana com lentes mágicas, surreais. As histórias que mais me marcaram foram: Carta debaixo da cama, em que uma mulher se vê sozinha, isolada numa casa de vidro sem cortinas, com notícias de um assassino rondando a região; O sinistro do Equador, em que um garçom morto num acidente trágico reaparece para servir a mesa de uma família em choque e O fantasma, em que um perfume inebriante passa a perseguir e a invadir todas as circunstâncias da vida de um homem.

Compre esse livro!

Mini-resenhas dos livros Heróis da Fronteira e Abandonar um gato | Não Me Mande Flores

3. Heróis da Fronteira, por Dave Eggers – tradução de Rubens Figueiredo
416 páginas • título original: Heroes of the Frontier: A NovelCompanhia das Letras

Uma mulher viaja pelo Alasca, sem destino certo, com os dois filhos pequenos à bordo de um trailer velho ~ e nós, leitores, vamos descobrindo aos poucos do que ela está tentando escapar. Josie quer distância do ex-marido estúpido e irresponsável, que não dá a mínima para os filhos, mas que faz questão de apresentá-los para a família da atual noiva. Quer esquecer que acabou de perder seu consultório dentário, após um processo movido por uma ex-paciente diagnosticada com câncer de boca. É assombrada pela morte de um paciente adolescente no Afeganistão, depois que ela o encorajou a se juntar aos fuzileiros navais. Além disso, existe o seu conturbado histórico familiar: Josie foi emancipada depois que os pais enfermeiros se envolveram num escândalo de prescrição de drogas em um hospital, que resultou em 18 suicídios e uma série de overdoses acidentais. Deu para sentir o drama, né? Mas o livro é SUPER bem humorado (eu ri em voz alta em alguns momentos), é impossível não se contagiar com a energia caótica da personagem principal. Josie alterna entre uma certeza inabalável de que tudo vai dar certo e uma insegurança profunda a respeito de tudo. Oscila entre uma felicidade exultante (e a vontade incansável de seguir em frente) com uma impaciência e o cansaço com a vida na estrada. Mas o coração da história com certeza está no relacionamento de Josie com os filhos, no quanto as suas aventuras no Alasca acabam fortalecendo um vínculo já tão intenso. Para quem leu: impliquei bastante com o capítulo da “música histérica”, achei pouquíssimo crível (mesmo se tratando de uma obra de ficção permeada por situações/soluções pouco realistas) e, para mim, destoou do resto do romance. O que vocês acharam?

Compre esse livro!

4. Abandonar um Gato, por Haruki Murakami – tradução de Rita Kohl
112 páginas • título original: Neko o suteruAlfaguara

Livro super curtinho (pequenos textos que dariam um belo artigo numa revista literária) onde Murakami relata suas lembranças do pai, da infância e juventude, já que passou mais de 20 anos sem vê-lo, só voltando a reencontrá-lo pouco antes da sua morte. O autor tenta esmiuçar o que sabe sobre a vida do pai através de pesquisas e da própria memória, especialmente as suas experiências no serviço militar e seus traumas de guerra. Diferente das demais obras do Murakami, o texto me pareceu bem mais descritivo do que lírico, com exceção das suas duas recordações que envolvem gatos (os textos que iniciam e encerram o livro), onde dá para sentir uma pitada do poético tão característico da sua narrativa. Em determinado momento ele mesmo admite que vai tocar no assunto (no caso, das suas desavenças com o pai) apenas superficialmente, sem entrar em detalhes, para que o texto não fique longo e visceral demais. Mas acho que senti falta justamente disso, de um relato mais íntimo e arrebatador, senti uma certa dificuldade de realmente compreender a relação entre os dois. As suas reflexões sobre a causalidade da vida são muito verdadeiras e inspiradoras e valem a leitura por si só. Essa edição da Alfaguara está muito simpática, com capa dura e ilustrações da Adriana Komura.

Compre esse livro!

O que vocês andam lendo de bom por aí? Me contem nos comentários!
Confira outros títulos na Bibliolove – a biblioteca virtual do blog. :)

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

38 Comentários

  1. Eu me encantei com a sinopse de ‘Heróis da Fronteira’. Vou procurar para ler.
    Eu estou lendo Macunaíma, atualmente. Coloquei como meta para 2023 ler alguns clássicos e já estou começando aos poucos. Além de alguns livros de desenvolvimento pessoal para me ajudar com as metas e sonhos de 2023.

  2. Thais Terra says:

    Muito bacana esses livros. Não conhecia nenhum deles. Eu estou terminando O Labirinto do Fauno.

    Beijoos ;*

  3. Marly says:

    Herois da Fronteira seria um livro que me interessaria, se lesse esta sinopse numa livraria, rsrs. E os livros do Murakami sempre me interessam.

    Beijo e feliz 2023!

  4. Citu says:

    Parecen buenos libros. Tomo nota, te mando un beso y te deseo un feliz año.

  5. manie says:

    quero mt ler silvina ocampo só pelas capas hahaha
    nesse momento, estou lendo ‘aos prantos no mercado’, da michelle zauner, que também peguei pra ler por ter achado a capa bonita rs
    tem sido uma experiência de muitas identificações. vou demorar para terminar, porque prefiro ler devagar, pra digerir bem o que tá escrito nele.

    feliz ano novo, camila ♥

  6. luma rosa says:

    Oi, Camila!
    O primeiro livro já me fez refletir (rs*) Pensando aqui que só sabemos do passado das pessoas através do que nos contam. Ds pais sabemos pouco. Afirmo isso porque acha que eles nos contariam alguma coisa que lhes diminuísse o valor ou que pensam que isso poderia acontecer? Interessante uma pessoa deixar uma gravação. Não sei o teor, mas parece covarde. Eu gostaria muito que alguém me viesse contar detalhes da vida pregressa dos meus pais. Enfim, todos os livros parecem bons, mas esse primeiro me instigou :)
    Feliz ano novo!!
    Beijus,

  7. Nana says:

    Olá,
    Eu acho que peguei esse primeiro no netgalley, mas uma pena que a leitura não foi tão proveitosa com vc. E é meio por isso que evito ir com pressa nos hypados. Vou esperar uns meses passar. hahahaha

    Feliz Ano Novo, desejo um ano repleto de boas novas pra vc e sua família.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

  8. Maria says:

    Parecem ser excelentes leituras. Obrigado pela partilha.
    Camila, desejo-lhe um excelente ano 2023.
    Beijinhos

  9. Wanessa says:

    Comecei a ler ontem um da Martha Medeiros, mas quero terminar. No segundo semestre do ano passado abandonei a rotina de leitura, este ano quero retomar.
    Da sua lista Herói da Fronteira me chamou atenção.
    bjs

  10. all books look very good… love no.4 the most…
    Thank you for sharing summary….

    Happy New Year

  11. Leyanne says:

    Oie, não cheguei a ler nenhum, mas são muito interessantes.

    Feliz ano novo. Bjs

  12. Valéria says:

    Você sempre lê ótimos livros. Sempre fico interessada nas suas indicações! ♥

  13. Priih says:

    Oi Cami, tudo bem?
    Eu gosto do Murakami mas não solicitei esse livro à Companhia porque gosto da pegada ficcional e lírica das histórias dele, e lendo sua opinião acho que fiz uma boa escolha.
    Não sou fã de histórias ~on the road, mas a de Josie me deixou curiosa!
    Beijos,

    Priih

  14. Camila bons títulos de livros ainda não estou lendo, mas gostei muito de conhecer os livros, bjs.

  15. Teresa Silva says:

    Parecem ser leituras muito interessantes!

    Bjxxx

  16. Suas indicações são sempre ótimas. Eu daria uma chance para o livro Heróis da Fronteira.
    Bjus!!!

  17. lulu says:

    Você sempre traz livros incríveis para a gente, fiquei curiosa em ler As Convidadas.
    Estou com uma pesquisa de público no blog se quiser responder, eu agradeço.
    Big Beijos

  18. Simple Girl says:

    Fiquei curiosa com o primeiro livro! Boas escolhas :)
    Bom Ano ✨😘

  19. Kinga says:

    I have read some books by Murakami

  20. Emi says:

    Oi, tudo bem?

    Eu acho que dos autores mencionados só conheço Murakami. Que leituras interessantes. Adoro que em seus posts sempre acabo conhecendo autores que nunca tinha lido nada antes.

    beijos

  21. Claudia Hi says:

    Achei As Convidadas bem interessante. Diferentemente de filmes, eu gosto de livros de mistério e suspense. E um dia eu ainda leio um livro de Haruki Murakami rs

  22. Não conhecia nenhum dos livros, mas já fiquei de olho em AS CONVIDADAS e HERÓIS DA FRONTEIRA. Do jeitinho que eu gosto!

    =)

    Suelen Mattos

  23. vanessa says:

    Olá!
    Amei ver os últimos 4 livros lidos, gostei dos temas e não conhecia nenhum. Mas achei muito válido a leitura.
    Beijos.

  24. Oi!
    Bolo Preto tá tendo uma recepção bem dividida por aqui hein? Os últimos comentários que li sobre ele eram bem positivos. Pretendo conhecer esse ano a escrita da Silvina Ocampo e do Haruki Murakami.

    Beijão

  25. Priih says:

    Oi Camila, tudo bem?
    Passando aqui novamente pra te agradecer pela visita e desejar um bom restinho de semana.
    Beijos,

    Priih

  26. Paloma says:

    Eu adorei o resumão dos livros que leu. Abandonar um gato parece um livro que escolheria ler esse ano. Adoro obras com ilustração.
    Beijos❤❤

  27. Great entry. Unfortunately, I don’t know these books, but I would love to know them :)
    Greetings from Poland!

  28. Valéria says:

    Obrigada pelo comentário lá no blog Camila! ♥

  29. Estou super curiosa sobre esse livro do Murakami. :)
    Já li outro dele e gostei bastante.
    Beijos e que 2023 te traga novas leituras incríveis!

  30. Oi
    desses eu já li comentários positivos desse Bolo Preto, parece ser uma boa história, os outros não conhecia, mesmo não curtindo muitos livros do estilo Abandonar um Gato chamou minha atenção.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *