Pequenas-Grandes mudanças: quarto de criança

Por aqui estamos naquela fase curiosa da vida de uma criança, entre 2 e 3 anos, quando a época de bebezinho já ficou para trás ~ mas o seu quartinho ainda tem cara de recém-nascido. Chegou a hora de mudar, sem dúvida, mas como fazer isso sem precisar repensar o cômodo todo ~ e sem gastar uma fortuna? Tenho percebido que pequenas mudanças podem fazer MUITA diferença na decoração de um quarto infantil e já começamos a aplicar algumas ideias aqui em casa. Alguns exemplos do que andei pesquisando sobre o assunto:

Investir em arte/quadros personalizados

Criança muda de interesses quase como quem muda de roupa, isso é fato. Acho pouco prudente decorar um quarto inteiro pensando num tema específico (princesas, bombeiros etc) porque é quase certo a criança enjoar do assunto e você precisar repensar a decoração toda (de novo!). Uma alternativa mais inteligente é investir em quadros com temas mais universais, ou personalizar essa escolha com os temas mais amados da criança ~ naquele momento. Uma arte original (ou reprodução de um original) não costuma ser muito cara e nós temos TANTOS ilustradores maravilhosos para escolher e apoiar… E o melhor: dá para mudar de tempos em tempos, sem quebrar a banca. :)

Mudar o clima com papel de parede

Uma das maneiras mais eficientes de mudar o clima de um ambiente é colocando papel de parede. E não precisa ser no quarto todo, aplicar em uma só parede já produz um efeito incrível. Existem muitos temas específicos para crianças, mas eu acredito que papel de parede infantil não precisa necessariamente ter desenhos e padrões lúdicos. A imagem acima é um bom exemplo de um padrão alegre e unissex, perfeito para crianças de todas as idades. Esse tipo de estampa mais neutra também é ideal para servir como base para pendurar diversos tipos de arte (como as que eu mencionei no item anterior!).

Além de possuir uma enorme variedade de estampas (e até de texturas), o papel de parede oferece uma série de vantagens, como uma excelente durabilidade. Alguns chegam a durar mais de uma década, na mesma condição em que foram aplicados. Ele também ajuda a cobrir ou disfarçar pequenas imperfeições na parede e é super fácil de limpar ~ basta utilizar um pano macio e pronto. Outro ponto positivo é que o papel de parede é um revestimento de fácil aplicação. Não faz sujeira e não deixa resíduos, nem cheiro, em casa. Dá um certo receio de aplicar na primeira vez, mas eu já tive essa experiência e posso dizer que não é um bicho de sete cabeças. E existe sempre a possibilidade de contratar um profissional especializado para realizar o serviço, caso você não se sinta seguro. ;)

Dar preferência para brinquedos não convencionais

Ser mãe de menino é viver num tsunami de carrinhos, super-heróis e outros bonecos de ação medonhos. Sério, as opções do mercado são assustadoramente limitadoras e tristes. É plástico pra todo lado, brinquedos que quebram no primeiro dia de uso, que fazem barulho e acendem luzes (e praticamente brincam pela criança)… Mas é possível encontrar brinquedos e marcas que fogem desse padrão massificante, peças feitas em madeira e outros materiais mais sustentáveis, brinquedos educativos e que estimulam a criatividade. Outro ponto positivo de fazer essa escolha e que, esses brinquedos em si, são esteticamente mais bonitos e acabam fazendo as vezes de decoração. São minha primeira opção, sempre.

Esconder a bagunça com cestos

Não tem jeito, por mais que a gente ensine (e insista), os pequenos são chegados numa baguncinha. E na hora do desespero, nada melhor do que guardar os brinquedos em cestos, de preferência esses que não revelam muito o que têm em seu interior. Claro que a gente pode estipular uma ordem específica de arrumação, colocar etiquetas para definir o conteúdo de cada cesto etc, tudo para estimular uma rotina ordeira e consistente. Na minha experiência, cestos de material mais macio, como algodão e linha, são ótimos para organizar os brinquedos mais leves, bichinhos de pelúcia e outros objetos delicados.

Iluminar com varal de luzinhas

Talvez a mudança mais fácil, rápida e divertida de todas. Toda criança adora brincar em um ambiente iluminado por luzinhas (coloridas ou não) ~ imagina a emoção de ter esse clima de Natal o ano todo dentro do próprio quarto! O varal de luzinhas também ajuda a criar uma ambientação mais intimista e pode ser um aliado na rotina da noite: ler uma historinha à meia luz é um convite para o sono. E existe sempre a possibilidade de levar as luzinhas para o seu quarto, caso a criança não veja mais graça na novidade. :)

Que pequenas-grandes mudanças você já fez no seu quarto?
(ou no quarto dos seus pequenos?)

This entry was posted in decór, publipost. Bookmark the permalink.

45 Comentários

  1. Any says:

    aaah, quarto de criança é um aconchego, ainda mais organizado com tanto carinho.
    bem que vou pensar em aderir algumas das suas dicas para o meu próprio quarto, hihi.

    abraços, Camila ♡
    Any.

  2. Eu amei as dicas, mesmo sendo indicadas para o quarto de criança, peguei algumas inspirações para aplicar no meu quarto também. hehe
    Em especial o papel de parede que sou doida para colocar na parede do meu quarto, mas sempre fico adiando. hehe
    As caixinhas organizadoras eu sou apaixonada e não vivo sem elas.
    Beijos.

  3. Emerson says:

    Gostei muito das dicas. Deixa tudo bonito e organizado, como deve ser.

    Boa semana!

    Até mais, Emerson Garcia

  4. OI Camila, muito boas as dicas. Eu sempre preferi os brinquedos não convencionais. Além de serem mais estimulantes, na minha opinião, são mais bonitos na decoração do quarto. Realmente escolher um tema é saber que vai trocar logo adiante. Aqui em casa eu fui mudando as cores das paredes e os nichos da estante. A iluminação também dá um charme muito especial na decoração.
    beijos
    Chris

  5. Radi says:

    aww kid’s room are the coziest thing ever. I don’t have kids yet but when I do I know I will love to decorate their rooms.

  6. Quarto de criança é tudo de bom, essa fase dos 2 e 3 anos é a criança adolescente diria.
    Papel de parede uma excelente opção mesmo para dar personalidade e aconchego.

    • Camila Faria says:

      Verdade Cinthya, tem até uma expressão em inglês que diz “threenagers” ~ uma brincadeira com o three (de 3 anos) e teenager (adolescente). :)

  7. Claudia Hi says:

    É seu filho Cá?!?!

    Eu não entendo muito desse mundo de pais e filhos, mas achei uma ótima ideia de priorizar brinquedos que possam se tornar decoração. E realmente, muitos dos brinquedos hoje em dia brincam sozinhos haha

  8. Betty Gaeta says:

    Oi Camila,
    As ideias são lindas!!! E bem práticas.
    Beijos

  9. Jyoti says:

    Awww! So so cute! Wonderful Post! Have a great day!

  10. Que ideias lindas e super adaptáveis para mudar no futuro também Camila!
    Gosto de trocar objetos e alguns móveis quando possível de lugar, acho que renova as energias do quarto.
    bjs

  11. Como escritora e professora, incluiria um cantinho com uma minibiblioteca. :)
    Amei as dicas. Acho que as luzes deixam o espaço aconchegante.

    Um beijo,

  12. Váh says:

    Muitoo legal as ideias!
    Realmente colocar quadros, brinquedos não convencionais, cestos… são uma ótima opção!
    O quartinho aí deve estar ficando uma graça :)

  13. Lizzie says:

    Realmente miga. Uma das formas mais rápidas de se mudar um ambiente é apostando em papéis de parede. E tem cada foto para a criançada, né? ♥

  14. Karine says:

    ahhh que coisa mais linda esse post! amei suas dicas e certamente decorar com quadros acaba sendo muito mais interessante pela possibilidade de mudar sem gastar muito. brinquedos de madeira são as coisas mais perfeitas que existem ♥♥♥

  15. saTanja says:

    I love the combination of playful decoration and natural materials. It makes the room looks elegant and joyful for the little ones :)

  16. vanessa says:

    Olá!
    Amei essas mudanças, achei lindo demais. E amei a ideia de não ter brinquedos convencionais. Acho maravilhoso estimular a criança com outras tarefas e brinquedos ótimos para estimular a criança.
    Beijos.

  17. Tay Ribeiro says:

    Amei as dicas. O quarto de criança sempre deve ser muito bem pensado por causa dessas mudanças constantes.
    Adorei a ideia de brinquedos não convencionais
    beijos

  18. Nem quero pensar que já passaram 3 anos!!
    Imagino que decorar um quarto de criança seja uma tarefa feita com muito amor. Amei suas dicas especialmente a de não gastar uma fortuna!
    xoxo

  19. Não tenho filhos mas amei essas dicas de quarto infantil.

    Big Beijos

  20. Kaila Garcia says:

    Apaixonada por essas inspirações. Quarto de criança é a coisa mais fofa do mundo! <3

  21. AVA says:

    Oi Camila, tudo bem?
    Como você disse, colocar algo muito marcado e específico de um personagem é uma furada. Minha sobrinha já teve tantos personagens do momento, que seria impossível acompanhar.
    Amei suas dicas.
    ps: como o tempo passa rápido, um dia desses lembro da sua postagem no ig falando do nascimento do seu baby.
    Forte abraço,
    AVA

  22. Por isso que até hoje agradeço meu pai que nunca deixou pintar meu quarto de rosa, sempre foram as paredes brancas, que são mais fáceis de ir adaptando né? Exatamente como você mencionou no post, um quadro personalizado com uma ilustração diferente já muda o ambiente. O papel de parede também é uma opção, porque hoje em dia tem uns que é de fácil aplicação e também fácil de remover né? Eu tive muitos brinquedos de madeira, inclusive uma casa da Barbie toda de madeira que minha mãe comprou pra mim, eu adorava! Porque era diferente daquelas que todo mundo tinha de plástico. Esconder a bagunça em cestos ou até mesmo um baú, é bem legal! Eu tinha um baú de madeira no meu quarto onde eu guardava todos os meus brinquedos nele. Essa ideia do varal de luzinhas são boas até mesmo pra quarto adulto né? Acho tão lindo! Post completíssimo, adorei!
    Beijo!

  23. Acredito que todos esses cuidados com o cantinho da criança, além de acolher, ativam a criatividade e muito mais. Eu acho tudo muito lindo!

  24. Maira Namba says:

    Ainn, que post mais gostoso! eu não tenho filho, não pretendo ter no momento, mas nossa, fiquei pensando como seria o quarto do meu filho, ou filha ahahaha
    eu com certeza faria isso na quarta foto, todo meio amadeirado, com cestas, acho que fica um quarto lindo e completamente unissex! AMEI! e eu acho que essas sugestões valem super até pra quando for adolescente ahhahaa

  25. luciane says:

    Muito bom seu artigo, tenho 4 filhos, e achei bem interessantes suas dicas.

  26. Acho que o quarto ou a casa de todo mundo acabou passando por pequenas mudanças durante a pandemia né, aqui mudamos inclusive de casa kkk dai foi aquela bagunça e reforma.

  27. Oi Camila,
    Eu não fiz grandes mudanças, só pintei de rosa para azul, rs.
    Mas o varal de luzinhas, é algo que eu gostaria muito!
    beijos

  28. Carol Sweet says:

    Quarto de criança é tão bonitinho, sou apaixonada. E você tem razão, fazer com tema específico não costuma ser bom não, já que mudam de ideia logo. A ideia de quadrinhos é bem legal, e também investir em cores que as crianças gostam, com os brinquedos dela a mostra para decorar também e organizar.
    Beijos

  29. Priih says:

    Oi Camila, tudo bem?
    Não pretendo ser mãe nem convivo com crianças, mas achei as dicas bem legais. A segunda ref, com branco e cor “crua”/bege eu super usaria aqui em casa. :D
    Beijos,

    Priih

  30. Leslie Leite says:

    Ahh eu amei as dicas! Acho que o quartinho da criança tem que ir mudando conforme a necessidade dela.
    Papel de parede é uma ótima ideia, uma vez indiquei para uma amiga que colocasse na parede do quarto do baby dela uma faixa de adesivo de parede lousa, e dessa forma a criança foi crescendo e utilizava a parede de lousa para brincar, desenhar e escrever.
    Quanto a termos ótimos ilustradores, temos também bons artesãos que fazem brinquedos educativos. Aqui na minha cidade tem uma marca independente que desenvolve brinquedos de madeira super fora do padrão e que mantém a atenção das crianças. Conheci a marca numa feira e se eu tivesse filhos já teria investido em alguns produtos deles.
    Enfim, achei ótimo seu post, principalmente por que é sobre algo que você tem experiência, haha.
    Beijo

  31. Gabi Ramalho says:

    amei as dicas porque elas foram bem universais e valem para todos os ambientes e para qualquer idade haha eu me mudei recentemente e, entre as minhas ideias de decoração, o papel de parede e varal de luzinhas são as que mais aparecem. agora só falta o dinheiro para colocar em prática haha

    um beijo,
    gabi ramalho ♥

  32. Opa que eu também coloquei luzes no meu quarto na quarentena! A vontade de mudar se tornou ainda maior nos meses pandêmicos, principalmente quando começamos a passar boa parte dos nossos dias no quarto, na sala, e queremos adaptar e deixar a casa o mais confortável possível.

  33. Vanessa says:

    O meu quarto é planejado, foi feito quando eu tinha 15 anos, e agora que vou fazer 30 eu queria desmanchar e fazer um novo, mas quanto mais eu penso no assunto mais eu acho que é desperdício de dinheiro hahaha Então tô optando por fazer pequenas mudanças: pintar uma parede com uma cor diferente, comprar uma colcha nova, trocar alguns acessórios e assim vai. Adorei as tuas dicas!

  34. Adorei as dicas, uma mais maravilhosa e interessante que a outra e os pequenos claro que vão amar

    Beijos

Deixe um Comentário sobre luciane Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *