Redescobrindo: O Patinho Feio (bilíngue)

O Patinho Feio • The Ugly Duckling | Editora do Brasil

Uma das muitas coisas boas de ser mãe (ou de ter contato próximo com uma criança pequena) é poder redescobrir/reler os grandes clássicos da nossa infância. Acho que eu não lia O Patinho Feio desde muito pequena e acabei me surpreendendo com algumas passagens dessa história tão triste ~ mas com um final tão redentor.

Antes de entrar em mais detalhes, quero dizer que a edição que eu li foi essa belezura lançada pela Editora do Brasil no ano passado, com texto da Telma Guimarães (adaptado do conto de Hans Christian Andersen) e ilustrações da Simone Matias. O livro é bilíngue, escrito em português e em inglês, o que é maravilhoso para quem está começando a introduzir uma nova língua na rotina dos pequenos.

Agora me diz se o trabalho da ilustradora Simone Matias não é a coisa mais linda desse mundo? Fiquei encantada com a delicadeza que ela imprimiu nessa história, que tem uma carga de rejeição super pesada. As imagens estão pequenininhas aqui no post, mas o livro é grandão (30 x 23cm) e dá gosto de acompanhar o conto com ilustrações tão bonitas.

Além disso, aprendi no instagram da Simone que os filhotes de cisne são bem fofinhos. O Patinho Feio não era nada feio, era apenas diferente dos demais. Olha só que bonitinhos!

O Patinho Feio • The Ugly Duckling | Editora do Brasil

A história todo mundo já conhece: Mamãe Pata está muito animada com o nascimento dos seus filhotinhos, mas um deles é BEM diferente dos seus irmãos. A partir daí, o Patinho Feio passa a sofrer com o desprezo e os maus tratos de todos, até mesmo da sua própria família.

Um detalhe que eu não lembrava, e que me deixou tocada, foi o amor incondicional da mãe (nesse caso, da Mamãe Pata), que não se deixa abalar com as críticas e com o desprezo de todos ~ ela se sente feliz e orgulhosa do patinho, mesmo sabendo que ele não atende às expectativas de todos ao redor. No conto original (que eu li nessa edição de Histórias Maravilhosas de Andersen), a Mamãe Pata também defende o Patinho Feio inicialmente, mas acaba sucumbindo à pressão social e chega a desejar vê-lo bem longe. Essa opção da Telma Guimarães de reforçar o amor irrestrito da mãe me comoveu.

Eu me encantei com essa edição ~ e acredito que é SEMPRE bacana conversar com as crianças sobre temas como amor, respeito, autoestima e diferenças. O livro faz parte da Coleção Biclássicos Infantil, que já possui outros títulos recontados em português e inglês, como João e Maria, Os Três Porquinhos e Chapeuzinho Vermelho. O glossário de imagens no final do livro também é super legal, com palavras relacionadas à história que acabamos de ler (e ilustrações lindas!).

O Patinho Feio/ The Ugly Duckling, por Telma Guimarães e ilustrado por Simone Matias
32 páginas • Editora do Brasil • assista ao book trailer

Compre esse livro!

Confira outros títulos na Bibliolove – a biblioteca virtual do blog!

This entry was posted in livros. Bookmark the permalink.

40 Comentários

  1. Oh Camila, essa história é um clássico que eu adoro e essas ilustrações são lindas. Fiquei muito feliz porque estava querendo comprar um livro de algum clássico para minha filha de 1 ano e 10 meses e quando entro em seu blog, veio como uma resposta. Muito obrigada por compartilhar e amei muito. Tenho certeza que Maria Heloísa minha baby vai amar.

    Beijos, Gi

  2. vanessa says:

    Que edição maravilhosa, achei lindo e amo histórias assim onde conseguimos nos conectar com nosso eu interior e com nossa criança, são através de histórias assim que fazem alguns gatilhos aflorarem e geram muitas reflexões.
    Beijos.

  3. Claudia Hi says:

    Amei a ilustração! A pintura traz uma sensação reconfortante. E eu nem me lembrava da história direito rs Gostei dessa alteração da mãe. Espero que as outras histórias também tenham tido essas melhorias. Porque algumas são extremamente necessárias (como a música do “atirei o pau no gato’, que horror!).

    • Camila Faria says:

      O pior é que o meu filho aprendeu a cantar a versão antiga de ‘atirei o pau no gato’ ~ e agora, como faz? Hahaha! Não sei onde ele ouviu, mas eu sempre tento cantar a versão politicamente correta, pra ver se cola. :)

  4. Ah gente que ilustrações mais lindas de uma história tão clássica ♥ amei descobrir que eles remodelaram o papel da mãe pata, que mais histórias possam ser reescritas assim!

  5. Emerson says:

    Gente! Que livro mais incrível, com belas ilustrações e com uma estória clássica. Adorei que ele é bílingue. Para mim, o final da estória é o melhor, quando o patinho feio se torna um lindo cisne!

    Boa semana!

    Até mais, Emerson Garcia

  6. Betty Gaeta says:

    Oi Camila,
    eu adorava esta fábula quando eu era criança, e estas ilustrações são encantadoras!!!
    Beijos

  7. Julia says:

    Essa era minha história favorita da infância, que nostalgia ♡ E que ilustração mais linda desse livro.

  8. Eu amo esse livro e tenho um carinho gigante por ele, essas ilustrações estão tão lindas, delicadas, completamente encantada

    Beijos

  9. Ca, eu amo essas ilustrações, ao vê-las dá até um aconchego, parece que te abraça. Imagino como esse livro deve ser lindo e a história do patinho feio é tão emocionante, acredito que é uma das mais lindas que li na minha vida. Se eu estivesse no Brasil, iria comprar para ler e lembrar um pouco da minha infância. :)

    Um beijo!

  10. Kaila Garcia says:

    Essa história é um clássico que fez parte da minha infância. Fiquei apaixonada por essas ilustrações! <3

  11. Gabius says:

    Boa tarde, Camis. Tudo bem?
    Puxa, quanto tempo não vejo sobre essa história. Realmente tem esse viés triste e gostei dessa mudança feita pela autora do livro, onde a mamãe pata defende o patinho e sente orgulho dele até o fim. As ilustrações são de aquecer o coração mesmo.

    Amei essa dica!

    Super beijo e boa semana.

  12. Que ilustração mais linda Camila, eu amava essa história quando era criança.
    big beijos e boa semana

  13. Kinga says:

    Pretty image and story ❤

  14. Uma boa partilha, não sabia dessa edição bilingue!
    Quem não conhece essa história fantástica!
    xoxo

  15. História super marcante, esteve presente em bons momentos da minha infância.
    Agora a ilustração ficou apaixonante!! <3
    bjs

  16. Any says:

    as ilustrações estão tão lindas!
    acho que não me deparo com essa história há muitos anos, fiquei nostálgica agora ♡
    e sim, como podemos aprender com as lições que possui. há muito a ser refletido e praticado.

    abraços,
    Any.

  17. Oi Camila, lindas as ilustrações. Trabalho maravilhoso. É mesmo muito bom redescobrir a nossa infância na infância dos filhos. Eu adorava ler pra as minhas filhas quando pequenas e relembrar os clássicos da minha infância. “O Patinho Feio” me traz lembranças especiais. Me lembro da história sendo passada em cineminha na minha escola e eu fugia da minha sala de aula para assistir mais uma vez mas outras turmas.
    A história é triste sim, mas como um final redentor. Traz muitas reflexões.
    Uma ótima semana
    beijos
    Chris

  18. Muito lindo o trabalho realmente, amei!!

  19. vanessa says:

    É uma história bacana onde tiramos muitas coisas legais e aprendemos muito com essa história, além de poder ensinar de forma lúdica.
    Beijos.

  20. Nana says:

    Olá,
    Que edição mais fofa! Eu fiquei encantada com as ilustrações.
    E acho que nunca cheguei a ler de verdade, mas da época de escola rolou de conhecer e em desenho tb.
    E é verdade sobre redescobrir esse estilo quando se tem crianças pequenas por perto… to assim tb.

    até mais

  21. Letícia says:

    eu sempre amei essa história. acho que porque sempre me senti um pouco como o patinho feio, hahaha. fiquei até emocionada com essa postagem. sorte minha que tenho uma mãe igual a mamãe pata, que sempre me apoiou.
    edição e ilustrações lindas. são delicadas e sensíveis. amei!

  22. Tay Ribeiro says:

    Que edição linda. É sempre bom reler os clássicos infantis e ter aquela nostalgia boa. As ilustrações estão lindas
    beijos

  23. Váh says:

    Caramba, acho que eu nunca na vida li a história do Patinho Feio, mas parando pra pensar agora é um tema super atual e mega importante de ser discutido e trabalhado com as crianças.
    Amei as ilustrações, lindas e passam uma sensibilidade muito bonita ♥

  24. Leslie Leite says:

    Confesso que a primeira vez que tive contato com a história do patinho feio eu chorei, haha. E até hoje acho a fábula muito triste, mas é mesmo uma historinha bacana de se contar para os pequenos e ensinar sobre respeito e principalmente preconceito. Achei maravilhosa a edição desse livro infantil, pois as crianças realmente entendem melhor os assuntos com ilustrações.
    Beijo

  25. Que gracinha o livro e as ilustrações.
    Já tive a oportunidade de ler este clássico infantil.

  26. Luly Lage says:

    Gente, o cisnezinho é a coisa mais fofinha do mundo, como pode? Dá vontade de fazer carinho, não sei, defender de todos os males do mundo, etc…

    Eu AMO a história do Patinho Feio, estou encantada pelas ilustrações dessa versão e, claro, essa escolha de adaptação em que a mamãe defende ele até o fim. Queria que todas as mães de “patinhos feios” por aí, na verdade todas as famílias de um modo geral, fossem assim antes e depois de eles se tornarem cisnes!

  27. Silvana says:

    Oi Camila estou encantada com essa nova edição dessa história!
    As Ilustrações estão maravilhosas.
    Beijos

  28. Radi says:

    These illustrations are really cute. The baby ducks are my fave.

  29. Priih says:

    Oi Camila, tudo bem?
    Além dessa história ser uma graça, amei as ilustrações. Singelas, lindíssimas, adorei.
    Beijos,

    Priih

  30. Que lindo!
    Adorei essa dica

    a história é uma gracinha e é muito boa, ai que amorzinho
    Beijos!
    Pâm

  31. Váh says:

    Quando eu tiver um filho vou ler essa história pra ele hehe!
    Muito fofa :)

Deixe um Comentário sobre Camila Faria Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *