Os quatro últimos… livros

1. Crônica da Casa Assassinada, por Lúcio Cardoso
560 páginas • Companhia das Letras

A vivência pacata de uma família tradicional mineira da região de Vila Velha é abalada com a chegada de Nina, uma linda jovem do Rio de Janeiro, prometida em casamento para Valdo, um dos três irmãos da última geração dos influentes Meneses. Nina é um furacão, presa na chácara que é símbolo da decadência de uma família que vive mais de memórias e de prestígio do que de existência real. O livro se constrói em torno de Nina, descrita magistralmente por Timóteo (o irmão mais novo, que vive trancado num quarto, isolado dos demais) como uma espécie de anjo exterminador, cuja existência explosiva trará consequências desastrosas para todos ao seu redor. A história é contada através de confissões, cartas, diários e depoimentos, um mosaico de narradores em primeira pessoa que ajuda a construir o cotidiano da chácara e dos seus personagens: os irmãos Meneses, Nina, Ana, André, o farmacêutico, o padre, o médico e a governanta Betty. Cada um traz a sua verdade, o seu ponto de vista ~ influenciados por emoções, paixões e interesses pessoais – e é isso que torna a narrativa tão múltipla e tão rica. Como acontece com todos os grandes livros, fiquei dias pensando nos Meneses depois que terminei de ler. E Lúcio Cardoso, o autor, foi um grande amigo de Clarice Lispector (ponto a favor pra ele, sem dúvida). Essa edição da Companhia das Letras inclui uma crônica tristíssima (e belíssima) da autora, publicada pelo Jornal de Brasil em 1969, após a morte de Lúcio.

Compre esse livro!

2. Debaixo do Vulcão, por Malcolm Lowry – tradução de José Rubens Siqueira
388 páginas • título original: Under the volcanoAlfaguara

Entrei nessa leitura com a expectativa lá em cima, por saber que o livro é considerado um dos romances mais importantes do século XX e fiquei realmente impactada ~ mais com a originalidade da narrativa do que com a trama em si. Geoffrey Firmin é um ex-cônsul britânico que vive no México, atormentado pelo alcoolismo e (talvez por isso) inclinado a uma vida de delírio e autodestruição. Mesmo amparado pela esposa (que retorna ao México numa tentativa de reatar o relacionamento) e pelo meio-irmão, Firmin não consegue fugir do seu destino conflituoso e trágico. Não é uma leitura fácil, pelo contrário, é um texto super denso que se passa praticamente dentro da cabeça do cônsul, que é um personagem altamente irônico e erudito (as referências à arte, filosofia, história e cultura em geral são infinitas). Fiquei um pouco perdida nas primeiras páginas; para mim foi complicado me adaptar a esse conturbado monólogo interior, mas a leitura acabou fluindo bem depois que entrei no clima dos personagens. Dito isso, devo confessar que toda essa temática “descida ao inferno” do cônsul me deixou bem pra baixo e ficava desanimada com a perspectiva de encarar essa atmosfera tão opressiva todos os dias (demorei séculos pra ler). O tipo de livro para reler depois de alguns anos, num outro momento, com um outro olhar.

Compre esse livro!

3. Klara e o Sol, por Kazuo Ishiguro – tradução de Ana Guadalupe
336 páginas • título original: Klara and the sunCompanhia das Letras

Num futuro próximo, em que grande parte dos trabalhadores foram substituídos por inteligência artificial, conhecemos Klara, uma máquina humanóide criada para ser um AA (Amigo Artificial). Num primeiro momento acompanhamos a sua rotina na loja onde está à venda ~ e seu anseio por ser escolhida pela “criança certa”, enquanto acompanha (e estuda) o comportamento de tudo e de todos que consegue enxergar através da sua janela para o mundo: a vitrine. Seu poder de observação extraordinário é o que a difere dos demais AAs ~ e é também um dos motivos para ser escolhida como companheira de Josie, nos anos solitários e difíceis que ela terá até a faculdade (particularmente difíceis devido a uma doença não especificada na trama). O que eu senti lendo o livro não foi exatamente uma falta de empatia pela menina-robô, mas um certo distanciamento. Talvez a mesma reserva que a maioria de nós sente quando se depara com um autômato ~ e a sua linguagem/natureza mecanizada (brilhantemente e intencionalmente criada por Ishiguro) certamente contribuiu para essa sensação. Klara tem uma mistura de inteligência e ingenuidade, um olhar infantil e esperançoso a respeito de uma sociedade que ela é incapaz de compreender totalmente. Não foi um livro que me arrebatou, mas que levantou algumas questões bem interessantes a respeito do que significa ser totalmente humano.

Compre esse livro!

4. Loira Suicida, por Darcey Steinke – tradução de Simone Campos
184 páginas • título original: Suicide BlondeCompanhia das Letras

Jesse é uma jovem de 29 anos que vive intensamente o underground e as esferas mais baixas de uma San Francisco dos anos 90, sempre envolta num submundo de drogas e relacionamentos confusos e violentos. O livro é uma sequência de relatos de Jesse, quase um diário da protagonista, onde ela narra sua vida errática em primeira pessoa. Esse universo caótico é muito bem construído pela autora, um prato cheio para quem curte esse realismo trash, cheio de angústia e sexo perverso. O que me pareceu mais real no romance foi o relacionamento (triste e tóxico) de Jesse com o apático Bell, seu namorado bissexual, deprimido após receber o convite de casamento do seu primeiro amor. Já outras situações específicas vividas pela protagonista me pareceram surreais demais, estilisticamente construídas para “chocar” ~ e talvez por isso eu não tenha me conectado tanto com a leitura. O ponto alto da narrativa (e o motivo do livro ser considerado um clássico feminista) é que Steinke conseguiu criar uma personagem feminina em busca de identidade, profundamente solitária e confusa, mas que não desiste de correr atrás e saciar os seus desejos mais profundos.

Compre esse livro!

Qual foi o melhor livro que você leu esse ano? Me conta aí nos comentários. :)
Confira outros títulos na Bibliolove – a biblioteca virtual do blog!

|

Planner 2022 – Mensal, Semanal, Diário e mais

Planner 2022 - Mensal, Semanal, Diário e mais | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

A alegria de liberar o Planner 2022 NMMF! \o/

Todo ano eu penso que vou parar, que já são muitos anos fazendo esse planner e que existem TANTOS outros projetos bacanas por aí (gratuitos ou não). Mas vocês não me deixam desistir, alguns leitores/apoiadores já estão nessa comigo há anos e isso sempre me dá uma força para continuar. Obrigada por todo o carinho e incentivo, vocês são maravilhosos. ♥

Depois do ultra-minimalismo do ano passado, decidi introduzir um elemento gráfico abstrato no planner de 2022. No mais, o clima continua o mesmo. A ideia central continua sendo que cada um possa acrescentar o seu toque pessoal, da maneira que preferir (adesivos, canetas coloridas e tudo de mais criativo que você puder imaginar).

Planner 2022 contribuição via PIX | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Para baixar os arquivos basta clicar nos links equivalentes que eles abrirão em formato .pdf numa nova aba. Os downloads são totalmente GRATUITOS ~ mas se você estiver se sentindo generoso (e grato!), pode contribuir com a quantia que desejar pelo Pix: a minha chave é naomemandeflores@gmail.com. :)

Planner 2022 Mensal | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Voltamos com a nossa programação normal: planners mensais começando na segunda-feira. Ano passado a polêmica foi grande, mas achei importante dar a oportunidade para essa opção (pelo menos por um ano). De acordo com a Organização Internacional de Padronização (ISO) o primeiro dia da semana é a segunda-feira e eu percebo que essa é mesmo a predileção da maioria ~ e eu me incluo nessa estatística. ;)

Baixe aqui TODOS os planners mensais de 2022.

ou

Escolha o mês que você deseja baixar: 

capa |
janeiro |
fevereiro |
março |
abril |
maio |
junho |
julho |
agosto |
setembro |
outubro |
novembro |
dezembro |

Planner 2022 Diário, Semanal e Anual | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Planner Diário é um arquivo único, que você pode imprimir na quantidade que quiser ao longo do ano. Você escreve a data no topo da página e envolve o dia da semana correspondente (SEG, TER etc.). Nesse planner existe um TOP 3 de prioridades e espaço para anotar os compromissos, divididos em manhã, tarde e noite. Além disso, dá para anotar as atividades que ficaram para o dia seguinte e um box para notas gerais. Esse planner é para quem faz MUITAS coisas num mesmo dia e precisa de mais espaço para anotar tudo.

Planner Semanal também é um arquivo único. Você pode usá-lo em qualquer semana do ano, marcando o mês correspondente (JAN, FEV, MAR etc. no topo da página). A data deve ser anotada no começo de cada dia da semana (existe uma marcação colorida para essa finalidade). Esse planner também possui um espaço reservado para anotar as metas da semana, com seus respectivos checklists e um box para anotações gerais.

Planner Anual é um planejamento mais amplo, ideal para você ter uma noção geral dos compromissos mais importantes ao longo de 2022. Você pode usá-lo para anotar as viagens planejadas ou os aniversários que você não pode esquecer, por exemplo. São muitas possibilidades ~ e isso é bem bacana: cada um usa da maneira que preferir! Também acrescentei um box para as metas do ano, afinal, é sempre bom projetar coisas boas para o futuro.

Baixe aqui o planner diário de 2022.

Baixe aqui o planner semanal de 2022.

Baixe aqui o planner anual de 2022.

Quer ver outros modelos de Planner Diário, Semanal e Anual?
Então visite os nossos planners anteriores: 20212020201920182017

Planner 2022 Calendário e Grade de Horários | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Calendário 2022 possibilita uma visão geral do ano e é perfeito para consultas rápidas, do tipo: que dia da semana o meu aniversário cai esse ano? ;)

Vocês me pediram uma Grade de Horários, no estilo dessas encontradas em cadernos escolares e em academias. O objetivo aqui é marcar as atividades recorrentes durante a semana, com faixa de horário definida. Por exemplo: curso de inglês todas as terças e quintas às 10h; yoga às segundas e sextas às 20h etc. É você que define os horários relevantes e anota na primeira coluna.

Baixe aqui o Calendário 2022.

Baixe aqui a Grade de Horários 2022.

Planner 2022 Bucket List | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Bucket List é uma lista de resoluções, planos e/ou ideias que você não quer deixar de cumprir em 2022. São 50 espaços, ou seja, 50 novas possibilidades para o ano que vem. Se você tiver muitos planos, é só imprimir mais uma folha e dobrar as resoluções para 100.

Baixe aqui o bucket list de 2022.

Quer ver outros modelos de Bucket List?
Confira nossos planners anteriores: 20212020201920182017 (com 160 espaços!)

Planner 2022 Habit Tracker | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Habit Tracker, ou rastreador de hábitos, é uma ferramenta que ajuda a planejar e controlar os seus afazeres e hábitos no dia a dia. Ele proporciona um melhor conhecimento de nós mesmos, uma vez que é possível acompanhar o que você tem feito com mais (ou menos) frequência dentro de um mês e como isso está te influenciando mental e fisicamente. Funciona assim: você anota o hábito ou tarefa que pretende realizar no mês (praticar yoga, cuidar das plantas, ler antes de dormir etc.) e marca um x no dia correspondente toda vez que conseguir realizá-la. No final do mês você vai enxergar padrões nos seus hábitos e, idealmente, conseguir ajustá-los conscientemente a seu favor.

Esse ano eu inseri duas categorias nesse planner e vou mostrar alguns exemplos de hábitos que vocês podem monitorar dentro de cada uma:

Bem-Estar e Relacionamentos
Passeio ao ar livre
Pausa do trabalho/estudos SEM tecnologia
Skin/haircare
Trabalho voluntário
Ligação/mensagem para um amigo

Saúde e Fitness
Refeição saudável (5 porções de frutas e vegetais)
Meditação
8 horas de sono
30 minutos de movimento (academia/exercícios)
Uso de fio dental

Baixe aqui o habit tracker de 2022.

Quer ver outros modelos de Habit Tracker?
Confira nossos planners anteriores: 202120202019

Planner 2022 Cardápio Semanal | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Esse planner é para quem acha que a semana só começa quando as refeições estão devidamente planejadas. O Cardápio Semanal tem espaço para definir (ou esboçar) as quatro principais refeições do dia e inclui uma lista de compras, que ajuda a identificar os ingredientes que estão faltando na sua despensa/geladeira.

Baixe aqui o planner Cardápio Semanal de 2022.

Veja aqui o modelo do ano passado do Cardápio Semanal: 2021

Planner 2022 Financeiro e Gastos Diários | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Planner Financeiro é ideal para quem precisa organizar e, consequentemente, administrar melhor o seu dinheiro. Você anota todos (ou os principais) gastos fixos e extras, assim como todos os ganhos, fazendo um balanço no final do mês. Existe ainda um espaço para anotar metas financeiras mais complexas: você descreve o seu objetivo (uma viagem para o Nordeste, por exemplo) e registra quanto conseguiu economizar no mês para realizar essa meta, além do total já acumulado até agora.

planner de Gastos Diários é para quem gosta de anotar os seus gastos nos mínimos detalhes. Nele existe a possibilidade de organizar as compras por categorias (supermercado, contas, farmácia etc.) e de indicar se foi uma compra realmente necessária ou um impulso.

Baixe aqui o planner financeiro de 2022.

Baixe aqui o planner Gastos Diários de 2022.

Confira os modelos anteriores do Planner Financeiro: 202120202019
E do planner Gastos Diários: 2021

Planner 2022 Blog e Social Stats | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Blog Planner é uma maneira fácil e organizada de preparar, agendar e registrar os posts de um blog, um arquivo que eu criei baseada na minha experiência pessoal com o Não Me Mande Flores. Além das informações mais básicas (título, conteúdo, categoria), incluí dois checklists: um com as etapas mais frequentes na elaboração de um post e outro com as redes sociais. Existe também um espaço dedicado para produtos recebidos e posts patrocinados.

Social Stats é um planner que ajuda a visualizar os números de seguidores nas redes sociais. Funciona assim: você vai anotando mês a mês quantos seguidores possui em cada rede social e, com o passar do tempo, consegue fazer um balanço do crescimento (ou queda) da sua audiência. Ainda dá para anotar as senhas na parte inferior do planner (eu sei que EU preciso ser lembrada dessas senhas de tempos em tempos gente!).

Baixe aqui o blog planner de 2022.

Baixe aqui o planner Social Stats de 2022.

Você costuma escrever resenhas no seu blog?
Baixe o Planner Mini-Resenha de 2017!

Planner 2022 Livre | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Planner Livre pode ser usado de diversas maneiras. É praticamente impossível atender todos os pedidos de vocês em relação aos planners, já que cada um faz um uso bem particular dos arquivos (eu bem que tento, viu?), por isso esse planner é algo mais democrático e pode ser adaptado para várias utilizações. Me contem depois como vocês estão usando! :)

Baixe aqui o planner livre de 2022.

Outros modelos de Planner Livre: 20212020 • 20192018

A MELHOR FORMA DE IMPRIMIR O SEU PLANNER NMMF 2022

planner do blog foi pensado para ser impresso em folhas A4 e você pode imprimir em casa ou numa gráfica. Se você preferir um acabamento mais profissional (e uma folha mais durinha) recomendo imprimir em papel couchê fosco 120 g/m² ~ verifique as opções na gráfica e faça uma impressão-teste para conferir se a qualidade e a gramatura do papel te agradam.

Muitas pessoas preferem utilizar o planner no formato A5 (o equivalente a metade de uma folha A4 comum). Particularmente, eu acho que a visualização das informações fica muito limitada e sobra pouco espaço para escrever. Se, mesmo assim, esse formato te agrada, você pode configurar a sua impressão A4 para 2 páginas por folha.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Vocês sempre me perguntam nos comentários, então já vou me adiantar e deixar registrado aqui no post que a fonte utilizada nos planners foi a Interstate e que os arquivos foram criados utilizando o Adobe Illustrator.

Planner 2022 - Mensal, Semanal, Diário e mais | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Lembrando que todos os arquivos disponibilizados são para uso pessoal e não podem ser comercializados de nenhuma forma. É freebie MESMO. Quem quiser espalhar o amor, pode compartilhar o link do planner à vontade, lembrando sempre de dar o devido crédito e redirecionar o leitor para esse post.

Planner 2022 contribuição via PIX | Não Me Mande Flores FREEBIE/PRINTABLE

Esse ano você também pode contribuir financeiramente (e ganhar a minha eterna gratidão), com a quantia que desejar, através do Pix: a minha chave é o e-mail naomemandeflores@gmail.com. Um muito obrigada a todos que sugeriram essa possibilidade e a todos vocês que acompanham e divulgam o planner há tantos anos.

Aproveitem muito e um lindo 2022 para todos nós! :)

Use a hashtag #plannerNMMF quando publicar fotos do seu planejamento no instagram.
Vou adorar saber como vocês estão usando os planners no dia-a-dia! \o/

|

Em casa com Felicia Chiao

Felicia Chiao illustration
Felicia Chiao illustration
Felicia Chiao illustration
Felicia Chiao illustration
Felicia Chiao illustration
Felicia Chiao illustration

O sereno & solitário passar dos dias em casa nas lindas ilustrações da Felicia Chiao. Apaixonada.

∴ info ∴
Felicia Chiao instagram & loja.

|

Textile Ruins | Sergio Roger

Sergio Roger - Textile Ruins | Photography © Sergio Roger
Sergio Roger - Textile Ruins / Jupiter | Photography © Sergio Roger
Sergio Roger - Textile Ruins | Photography © Sergio Roger
Sergio Roger - Textile Ruins / Augusto | Photography © Sergio Roger
Sergio Roger - Textile Ruins | Photography © Sergio Roger
Sergio Roger - Textile Ruins / Bust BVL03011 | Photography © Sergio Roger
Sergio Roger - Textile Ruins | Photography © Sergio Roger

Incríveis as esculturas em tecido do artista radicado em Barcelona Sergio Roger. A série Textile Ruins (Ruínas Têxteis) é uma homenagem à arte e arquitetura clássicas gregas e romanas, assim como uma reflexão sobre os conceitos de permanência e grandeza associados a elas.

Suas obras são criadas a partir de delicadas peças de linho, selecionadas cuidadosamente pelo próprio artista em lojas de antiguidades e com colecionadores, tornando cada escultura única. Belíssimo.

∴ info ∴
Sergio Roger website & instagram.
via Yatzer.

Eu ainda preciso de tudo isso!

Eu ainda preciso de tudo isso!, de Petra Postert e ilustrado por Jens Rassmus | resenha Não Me Mande Flores

Um livro que me encantou pela inusitada abordagem de uma das coisas mais simples e rotineiras que se pode imaginar: um filho ajuda o pai a separar as roupas sujas na área de serviço ~ é esse o começo de uma história que ilustra lindamente o poder da imaginação de uma criança.

Antes de conhecer a história mais a fundo, o que me chamou atenção foi a capa. O meu filho sempre teve um fascínio pela máquina de lavar, ouvia o seu barulho de longe e, antes de saber andar, pedia colo para ver de perto as roupas sacolejando lá dentro. Uma coisa realmente cômica. Mas eu acabei dando sorte porque a história é uma graça e quem tem criança pequena certamente vai se identificar.

Eu ainda preciso de tudo isso!, de Petra Postert e ilustrado por Jens Rassmus | resenha Não Me Mande Flores

Um pequeno parênteses antes de continuar a resenha: muito bom ver um personagem masculino, o pai, participando de forma ativa do trabalho doméstico ~ o que infelizmente ainda é bastante incomum na literatura infantil. Eu, que leio MUITO para o meu filho, estou cansada de ver as personagens femininas assando bolinhos na cozinha, enquanto os homens fazem atividades mais enérgicas (geralmente do lado de fora) ou simplesmente leem o jornal na poltrona da sala. 2021, né gente? Não dá mais para perpetuar esse discurso. Mas sigamos em frente! :)

Eu ainda preciso de tudo isso!, de Petra Postert e ilustrado por Jens Rassmus | resenha Não Me Mande Flores

Durante a triagem das roupas sujas (as brancas no montinho da esquerda, as coloridas no da direita, as meias separadas do resto), o pai de Jim encontra alguns objetos no bolso da calça do filho e já estava pronto para jogar tudo no lixo quando Jim o interrompe: Não! Eu ainda preciso de tudo isso!

Na imaginação de Jim, uma chavezinha torta e enferrujada é a chave de uma mala enorme, de um feiticeiro muito malvado, que precisa ser escondida a todo custo. Agora o pai, curioso, quer saber a origem dos outros objetos, pra ele tão banais, mas claramente preciosos para o filho.

O botão com o desenho de uma âncora não é um botão qualquer: pertenceu ao paletó de um capitão que já deu três voltas ao mundo; a pedrinha pontuda é, na verdade, o cume de uma montanha, mordida por um gigante. A imaginação de Jim é livre, espontânea ~ é bonito ver como ele vai fazendo associações entre as histórias, como ele já possui todo um universo profundo e particular.

E eu percebo que é assim mesmo com o meu filho, como pequenas coisas, insignificantes para um olhar “adulto”, podem ser muito ricas para o seu pequeno-grande mundo. Que maravilha ter esse imaginário tão solto, essa liberdade do pensar e do sonhar. Uma pena muitos de nós (acho que a maioria de nós) perdermos esse super-poder à medida que vamos crescendo.

Jim e seus pequenos tesouros. ♥

Eu ainda preciso de tudo isso!, por Petra Postert e ilustrado por Jens Rassmus
36 páginas • SESI-SP Editora

Compre esse livro!

Confira outros títulos na Bibliolove – a biblioteca virtual do blog!

|