Marchesa Pre-Fall 2016

Marchesa | Pre-Fall 2016 Marchesa | Pre-Fall 2016 Marchesa | Pre-Fall 2016 Marchesa | Pre-Fall 2016 Marchesa | Pre-Fall 2016 Marchesa | Pre-Fall 2016

Coleção Pre-Fall 2016 da Marchesa inspirada em sua musa original, a dandy feminina Marchesa Luisa Casati.

∴ info ∴
Marchesa website & instagram
via Vogue.

|

Os quatro últimos… filmes

Mini-resenhas dos filmes: Tom na Fazenda e As Maravilhas | Não Me Mande Flores

Tom na Fazenda (Tom à la ferme, dir. Xavier Dolan, 2013)

Tom acaba de perder o namorado e está dominado pela tristeza e solidão. Quando decide viajar até a fazenda da família do seu amante, descobre que a sua mãe não estava ciente da orientação sexual do filho e acaba desenvolvendo uma relação conflituosa e intensa com seu irmão. Um thriller psicológico carregado de momentos de tensão, de uma sensualidade estranha (inexplicavelmente impulsionada pelos motivos errados) e atuações hipnotizantes. Mais um filme impressionante do Xavier Dolan (cujo trabalho vem me conquistando desde o maravilhoso Mommy). Assistam (os dois)! Veja o trailer.

As Maravilhas (Le meraviglie, dir. Alice Rohrwacher, 2014)

A rotina de uma família de apicultores da zona rural da Toscana é alterada com a chegada simultânea de um adolescente-problema e um reality show que pretende premiar talentos agrícolas locais. Gelsomina é a mais velha de quatro irmãs e representa ao mesmo tempo o ideal do campo e o desejo do mundo exterior. O interessante aqui é que o filme não toma partidos: o concurso é uma representação do mundo moderno, ridículo e artificial, mas a vida na fazenda não é retratada como pura e idílica e sim, como dura e cheia de provações (apesar de simples e autêntica). Ganhador do Grande Prêmio do Júri de Cannes em 2014. Veja o trailer.

Mini-resenhas dos filmes: Como eu terminei este verão e The Light Bulb Conspiracy | Não Me Mande Flores

Como eu Terminei Este Verão (Kak ya provel etim letom, dir. Aleksey Popogrebskiy, 2010)

Sergei e Pavel, um meteorologista experiente e um estudante, estão completamente isolados numa base de pesquisa em uma ilha no Oceano Ártico. Pavel recebe uma mensagem importante pelo rádio, que precisa repassar ao colega, mas não consegue encontrar o momento certo para entregar a má notícia. Aos poucos, a mentira e a omissão vão se transformando em suspeitas e medo, com consequências desastrosas. Uma surpresa esse drama psicológico russo, especialmente interessante para quem gosta de uma estética minimalista e um ritmo mais lento (bem compatível com esse tema do isolamento), mas nem por isso menos tenso. Veja o trailer

The Light Bulb Conspiracy (dir. Cosima Dannoritzer, 2010)

Um breve documentário sobre a obsolescência programada ~ em outras palavras, a história de como as empresas projetam seus produtos para falhar, obrigando os consumidores a comprarem novos produtos inevitavelmente mais cedo. O filme aborda o primeiro acordo mundial criado especificamente para reduzir o tempo de vida da lâmpada incandescente (a primeira vítima oficial da obsolescência programada). O documentário mostra ainda como, a partir dos anos 50 e do nascimento da nova sociedade de consumo, o conceito assumiu um novo significado: agora a ideia é incutir no consumidor o desejo de possuir algo um pouco mais recente, um pouco melhor e um pouco mais cedo do que o necessário. Essencial para quem está repensando os hábitos de consumo (que deveria ser todo mundo, na verdade). Veja o trailer.

E vocês, o que têm assistido?
Deixem suas dicas nos comentários. :)

|

Williamsburg Loft

Williamsburg Loft | um projeto da Elizabeth Roberts Architecture & Design Williamsburg Loft | um projeto da Elizabeth Roberts Architecture & Design

Bem encantada com esse loft em Williamsburg, Nova York – um projeto da Elizabeth Roberts Architecture & Design. Os proprietários, o chef Ted Lee e a escultora E.V. Day, usam o espaço tanto para moradia quanto para trabalhar. Eu não me importaria nem um pouco em fazer essa dobradinha num ambiente tão lindo! 

destaques | Não Me Mande Flores

clima industrial
prateleiras abertas feitas com pinho recuperado
muita luz natural ~ e essa luminária gigante e incrível (um candelabro vintage pintado de branco)
escritório compartilhado ~ que pode ser isolado do resto da casa por uma porta de correr
a mesa de jantar é uma porta da IKEA + cadeiras lindas da Knoll
conjunto de estar vintage do designer Art Deco austríaco Paul T. Frankl

∴ info ∴
Elizabeth Roberts Architecture & Design website & instagram.

|

Sexy Florever by Agatha Ruiz de la Prada

Sexy Florever by Agatha Ruiz de la Prada | campanha com Fiorella Mattheis

Depois do perfume Florever, todo trabalhado no bouquet floral (e que foi um dos meus queridinhos de beleza no ano passado), a Agatha Ruiz de la Prada acaba de lançar Sexy Florever, variação mais sensual da fragrância e ainda super feminina.

Aqui no Brasil a estrela da campanha foi novamente a Fiorella Mattheis, que aparece linda e esbanjando sensualidade numa banheira, coberta por uma espuma de flores. Acho que o clima da fragrância é bem esse mesmo: apesar de ter sexy no nome, é uma sensualidade bem inocente e sutil, nada muito agressivo. 

Sexy Florever by Agatha Ruiz de la Prada

O frasco do Sexy Florever é bem parecido com o da versão anterior, só muda a tonalidade, que agora vem mais puxada para o metalizado rosa nude. A cor turquesa também foi substituída pelos corais e vermelhos na embalagem, muito bonita por sinal.

notas de saída
toranja, toranja petitgrain, gardênia e pêssego

notas de coração
jasmin, rosa, peônia e pluméria

notas de fundo
madeira de cedro, bejoim, baunilha e acorde de âmbar

Os preços sugeridos para a fragrância (eau de toilette) são: R$69,90 (30ml) e R$119,00 (80ml).

Sexy Florever by Agatha Ruiz de la Prada

Como eu disse anteriormente, apesar do sexy no nome, não achei a fragrância ultra sensual, pelo contrário. É um perfume leve, fresco e feminino, inicialmente mais puxado para o cítrico, que vai revelando as notas florais aos poucos. Uma delícia! A duração é de aproximadamente 4 horas na minha pele. 

Os perfumes Agatha Ruiz de la Prada podem ser comprados online na Sephora, Época Cosméticos, Beleza na Web e lojas Renner, entre outras. 

Vocês curtem os produtos da marca?

∴ info ∴
Agatha Ruiz de la Prada website.

|

Where I See Fashion

Where I See Fashion | Tumblr by Bianca Luini Where I See Fashion | Tumblr by Bianca Luini Where I See Fashion | Tumblr by Bianca Luini Where I See Fashion | Tumblr by Bianca Luini Where I See Fashion | Tumblr by Bianca Luini Where I See Fashion | Tumblr by Bianca Luini Where I See Fashion | Tumblr by Bianca Luini Where I See Fashion | Tumblr by Bianca Luini

Where I See Fashion (ou WISF) é um tumblr criado pela italiana Bianca Luini, onde ela relaciona imagens do mundo fashion com tudo que a inspira diretamente ~ arte, design, natureza e fotografia, entre outros. É uma coleção de imagens relacionadas entre si por razões diferentes: cores, formas, sensações e conceito. Lindo e viciante, visitem

∴ info ∴
WISF tumblr & instagram

|