Fruit & Line Series | Marisol Ortega

Fruit & Line Series - Marisol Ortega | Illustration

Belíssima coleção de ilustrações da multi-talentosa Marisol Ortega. Se eu fosse você, também daria uma conferida nos trabalhos dela com lettering. Sensacionais!

∴ info ∴
Marisol Ortega website & instagram.

|

Os quatro últimos… filmes

Mini-resenhas dos filmes: A Vilã e Ninguém Está Olhando | Não Me Mande Flores

A Vilã (Ak-Nyeo, dir. Byung-gil Jung, 2017)

Sook-hee foi treinada desde pequena para se tornar uma assassina sanguinária. Após a morte de seu mentor, ela ganha a chance de começar uma nova vida na Coréia do Sul como agente do governo, disfarçada de atriz de teatro. Lutando para se adaptar a sua nova vida, Sook-hee começa a descobrir segredos sobre o seu passado e a buscar vingança com as próprias mãos. A tríade clássica de grande parte dos filmes de ação: vingância, violência e artes marciais, elevada a máxima potência. Se você curte o gênero, definitivamente vale a pena conferir. O filme não se destaca pela engenhosidade do roteiro, a maioria dos plot-twists são bastante evidentes desde o começo (e ele nem se propõe a isso, sejamos honestos). A frenética sequência de abertura me lembrou o russo Hardcore Henry, filme de ação experimental em primeira pessoa, sucesso absoluto entre a geração gamer (eu fiquei um pouco tonta, confesso). Veja o trailer.

Ninguém Está Olhando (Nadie nos mira, dir. Julia Solomonoff, 2017)

Nico é um jovem ator argentino tentando construir uma carreira nos EUA, mas que esbarra em uma série de dificuldades, comuns a muitos imigrantes. Loiro demais para interpretar papéis latinos e com um sotaque carregado demais para interpretar qualquer outro papel, Nico acaba sobrevivendo de bicos e trabalhando como baby-sitter, enquanto busca novas oportunidades e chances de sucesso. O filme aborda brilhantemente o sentimento de frustração e de não-pertencimento a um lugar, evidenciado na natureza auto-destrutiva do personagem principal. Ao mesmo tempo, Nico luta para redefinir sua identidade longe de casa e para provar a todos que está bem, apesar da realidade dura e impiedosa. Gostei muito. Veja o trailer.

Mini-resenhas dos filmes: Human Flow e A Trama | Não Me Mande Flores

Human Flow: Não Existe Lar se Não Há Para Onde Ir (Human Flow, dir. Ai Weiwei, 2017)

Exploração detalhada e dolorosa do cineasta e artista chinês Ai Weiwei sobre a crise global dos refugiados. O documentário reflete o trabalho do artista como ativista social e mostra o movimento de migração humana maciça pós Segunda Guerra Mundial: mais de 65 milhões de pessoas em todo mundo, forçadas a sair de suas casas para escapar da fome, de mudanças climáticas e da guerra. Impossível não se sentir sensibilizado, tocado e impressionado, não só com a magnitude desse deslocamento humano, mas com as histórias individuais, marcadas pela busca desesperada por segurança, abrigo e justiça. Urgente e necessário, assistam! Veja o trailer.

A Trama (L’atelier, dir. Laurent Cantet, 2017)

Um grupo de jovens é selecionado para participar de um workshop e escrever um romance policial em conjunto, sob a orientação de uma autora renomada. Durante o processo, Antoine se destaca, mostrando um posicionamento provocativo e agressivo, não só em relação à história, mas também em relação aos colegas e à mentora. O filme aborda o nascimento e desenvolvimento de ideais extremistas e mostra que as palavras podem ser tão poderosas (e perigosas) quanto as armas. É também um drama psicológico entre dois personagens fortes – a escritora e o pupilo – ambos interpretados de maneira intensa pelos seus protagonistas. Do mesmo diretor do ótimo Entre os Muros da Escola, recomendo demais os dois filmes. Veja o trailer.

Qual foi o último filme incrível que você assistiu?
Deixe a sua dica nos comentários. :)

|

BB Milk Lait Corporel | Biotherm

Biotherm BB Milk Lait Corporel | resenha NMMF

Pele saudável e bonita durante todas as estações do ano: essa é a promessa do BB Milk Lait Corporel, o BB corporal da Biotherm. O que eu achei mais bacana nesse hidratante turbinado é que ele melhora e realça o tom natural da pele, além de hidratar, uniformizar e iluminar. Ele possui micropigmentos encapsulados, que são liberados quando entram em contato com a pele, melhorando o seu tônus e unificando irregularidades.

Uma dúvida comum: esse BB é o equivalente a um auto-bronzeador? Não é não! À primeira vista ele parece um hidratante comum (tem, inclusive, aparência branquinha e cremosa como a de outros hidratantes), mas a tecnologia Micro Pigment possibilita uma cobertura leve e acrescenta um brilho saudável para todos os tipos de pele.

Biotherm BB Milk Lait Corporel | resenha NMMF

O BB Milk Lait Corporel é “primo” do clássico (e maravilhoso) Lait Corporel, criado em 1972 pela Biotherm. Sendo assim, se você gosta da textura leitosa e super nutritiva desse hidratante, as chances de você curtir esse BB são enormes. Sem contar o aroma suave e delicioso de laranja, que é um atrativo a mais. Que fragrância maravilhosa gente!

Eu estava um pouco apreensiva antes de começar a usar, achando desnecessário acrescentar cor nesse ritual de hidratação, mas só comecei a entender direito como o produto funciona depois de usar algumas vezes. Eu, por exemplo, estou um pouco pálida, sem pegar sol há algum tempo, mas senti que o BB Milk dá uma iluminada bonita e um aspecto de saúde para a pele. Quase não se nota o aspecto “cor” e o resultado não é NADA artificial. Surpreendente.

Biotherm BB Milk Lait Corporel | resenha NMMF

Biotherm BB Milk Lait Corporel (150 ml) – Preço sugerido: R$149,00

Quem aí já usou algum hidratante da Biotherm?
Leia sobre a minha experiência com o ritual Sono de Beleza da marca nesse post. ;)

∴ info ∴
Biotherm website & fan page.

|

Sunrises and Sunsets | FYI

FYI | Sunrises and Sunsets - Moda Feminina / Verão 2018 FYI | Sunrises and Sunsets - Moda Feminina / Verão 2018 FYI | Sunrises and Sunsets - Moda Feminina / Verão 2018 FYI | Sunrises and Sunsets - Moda Feminina / Verão 2018 FYI | Sunrises and Sunsets - Moda Feminina / Verão 2018 FYI | Sunrises and Sunsets - Moda Feminina / Verão 2018 FYI | Sunrises and Sunsets - Moda Feminina / Verão 2018 FYI | Sunrises and Sunsets - Moda Feminina / Verão 2018

Difícil escolher apenas algumas imagens da coleção de Alto Verão 2018 da FYI, que leva o nome de Sunrises and Sunsets. Curti as modelagens super frescas (até essa última blusinha de manga comprida parece ser delicada e leve) e a paleta de cores clássica e bonita.

Bem no clima do slogan da campanha: dias de sal e noites de boas risadas.

Confira a loja da FYI mais próxima de você aqui
(são 8 lojas no Rio e muitos representantes em todo o Brasil!).

∴ info ∴
FYI website & instagram.

|

Feliz Natal e um 2018 bem GOOD VIBES!

Peace Sign - The Indigo Bunting

Se tem uma coisa que tá todo mundo precisando nesse final de ano é: um caminhão de GOOD VIBES. E é isso que eu desejo para todos vocês (seus lindos!), que enchem o meu coração de amor a cada visita e comentário carinhoso no blog. Obrigada por serem tão especiais e por me incentivarem a continuar. :)

Boas festas e pode chegar 2018! \o/

Não se esqueçam de baixar os seus Planners NMMF 2018, para começar o ano com o pé direito.

∴ info ∴
Ilustração do The Indigo Bunting, via Paperless Post.

|