Doces de Cinema

Livro: Doces de Cinema

Filme + comida, que combinação maravilhosa! A ideia de juntar essas duas delícias num livro de receitas foi da Isadora Becker do Gastronomismo, um canal do YouTube (e também um site bem lindão) cheio de receitas e dicas gourmet interessantes. Eu não sou muito assídua desses canais (leia-se zero-paciência-para-you-tube), por isso só fui conhecer a autora através desse livro.

Acabei descobrindo que o Doces de Cinema é uma derivação do programa Comida de Cinema, que a Isadora apresenta no Tastemade. O livro reúne 28 receitas que já rolaram no programa e outras 12 exclusivas. 

Isadora Becker | Doces de Cinema

O porquê desse livro de receitas ser diferente dos demais, nas palavras da própria autora:

“Os doces, em geral, têm uma relação bastante íntima com cada um. Em tempos de restrições alimentares, eles se tornaram uma travessura na vida das pessoas. Trazer receitas de doces de filmes faz com que essas travessuras se transformem em uma extravagância no dia a dia, um mimo especial. O bolo de chocolate que seria apenas um doce vira O Bolo de Chocolate da Matilda, que muitos de nós já sonhamos em comer na infância. De alguma forma, essas receitas podem fazer os nossos grandes desejos gastronômicos se tornarem realidade.” 

Cada receita do livro é relacionada a um filme específico. Como a Isadora mesmo disse, o bolo de chocolate é o Bolo de Chocolate da Matilda. O crème brûlée é o Creme Brûlée d’O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. O milkshake é o $5 Shake de Pulp Fiction. E assim por diante. Algumas imagens do livro:

  • Doces de Cinema | Isadora Becker

No final ainda rola uma espécie de ranking, onde você pode dar até 5 estrelas para os filmes mencionados no livro. Bem divertido! Dá para ver na última foto da galeria. 

Não vou mentir. As duas receitas que eu fiz até agora, a Torta de Limão de Toast e o Mousse de Chocolate Branco de Soul Kitchen (que é um filme incrível, assistam!) ficaram gostosas, mas NADA demais. Acho que o ponto alto do livro não são as receitas e sim essa brincadeira que a autora faz com os pratos e os filmes. Acho que seria um presente bacana, por exemplo, para aquele amigo cinéfilo que adora se aventurar na cozinha. Mas não vai mudar a vida de ninguém, gastronomicamente falando.  

Doces de Cinema, por Isadora Becker
capa dura • 135 páginas • Belas Letras

∵ Americanas | Livraria CulturaSaraivaSubmarino ∵

Confira outros títulos na Bibliolove – a biblioteca virtual do blog!

∴ info ∴
A foto da Isadora é do Em Dia Gourmet e a citação é dessa entrevista da Editora Belas Letras

|

La Roche-Posay Effaclar Duo [+] Cuidado Antiacne

La Roche Posay | Não Me Mande Flores

Eu nunca fui uma adolescente cheia de espinhas. Normalmente elas apareciam esporadicamente, na véspera de algum evento importante (CLARO) e a solução era fazer com que ela desaparecesse rapidamente. Em outras palavras, espremer. Péssimo, eu sei. Mas digamos que a minha geração teen não era tão consciente a respeito de como cuidar bem da pele desde cedo.

A consequência dessa época são pequenas manchinhas, que permaneceram mesmo depois de alguns (vários) anos, por isso comecei a usar o Effaclar Duo [+], cuidado antiacne da La Roche-Posay, que promete solucionar esse problema, entre outros efeitos bacanas. 

Effaclar Duo [+] - La Roche-Posay

O Effaclar Duo [+] é um tratamento completo para o cuidado da acne, com ação anti-acne reforçada e eficácia antimarcas. Sua fórmula contém ativos antiinflamatórios e microesfoliantes, que diminuem as lesões e o excesso de oleosidade, além de deixar a pele hidratada. 

Não sei como funciona para quem tem REALMENTE um problema sério de acne, mas para o meu caso, que é o de uma pele mista (com mais oleosidade na zona T), o produto tem sido maravilhoso. Comecei a sentir uma diferença real na pele depois de 2 semanas, com a diminuição das manchinhas e uma sensação de pele mais luminosa. Também sinto que a pele fica super hidratada, sem brilho excessivo e aumento da oleosidade. O acabamento é sequinho e o produto é absorvido pela pele rapidamente. Aprovadíssimo!

Effaclar Duo [+] - La Roche-Posay

COMO USAR?

Aplicar de manhã e/ou à noite em todo o rosto, sobre a pele previamente limpa, evitando a área dos olhos. Não recomendado para crianças. 

Se você ficou curioso a respeito do produto, no site da marca dá para ler um monte de depoimentos (a maioria positivos, mas com algumas experiências negativas também). Me contem nos comentários se vocês já usaram o Effaclar Duo [+] e qual foi a experiência de vocês!

∴ info ∴
La Roche-Posay website & instagram.

|

Aquel Verano de Romance

Aquel Verano de Romance | Vogue Espanha JUNHO 2016 | fotografia de Benny Horne Aquel Verano de Romance | Vogue Espanha JUNHO 2016 | fotografia de Benny Horne Aquel Verano de Romance | Vogue Espanha JUNHO 2016 | fotografia de Benny Horne Aquel Verano de Romance | Vogue Espanha JUNHO 2016 | fotografia de Benny Horne Aquel Verano de Romance | Vogue Espanha JUNHO 2016 | fotografia de Benny Horne Aquel Verano de Romance | Vogue Espanha JUNHO 2016 | fotografia de Benny Horne Aquel Verano de Romance | Vogue Espanha JUNHO 2016 | fotografia de Benny Horne

Toda a delícia de um romance de verão nesse editorial lindo da Vogue España (junho de 2016), fotografado pelo Benny Horne, com os modelos Edita VilkeviciuteAndrés Velencoso☀️

∴ info ∴
Vogue España website & instagram.
Benny Horne website.

|

Os quatro últimos… filmes

Mini-resenhas dos filmes: Jimmy's Hall e Jogada de Mestre

Jimmy’s Hall (dir. Ken Loach, 2014)

Em 1932 Jimmy Gralton retorna para sua casa na Irlanda, após um exílio forçado de 10 anos na América e decide reabrir o salão de dança que levou à sua expulsão no passado. A história é baseada na vida real do líder comunista irlandês James Gralton (conhecido como o único irlandês já deportado do país). Eu estava esperando um SUPER filme, por motivos de: Ken Loach, mas achei a história toda um tanto morna. Acho que faltou uma especialidade do diretor, que é um protagonista fortíssimo, como foi o caso dos dois últimos filmes dele que eu assisti (e recomendo demais!): Rota Irlandesa e A Parte dos Anjos. Veja o trailer.

Jogada de Mestre (Kidnapping Mr. Heineken, dir. Daniel Alfredson, 2015)

A história de como 5 amigos planejaram e executaram o sequestro do magnata da cerveja Alfred “Freddy” Heineken, que resultou no maior resgate já pago por um indivíduo na história. Tem uma máxima no filme que resume bem a história (e as consequências do sequestro): “Há duas maneiras de ser um homem rico: ele pode ter um monte de dinheiro ou um monte de amigos. Mas ele não pode ter ambos“. Descobri, depois de assistir o filme, que existe um filme holandês anterior a esse (claro!) e só de assistir o trailer dá para perceber que essa produção americana/inglesa foi totalmente “inspirada” nele ~ então recomendo assistir essa versão de 2011. Veja o trailer.

Mini-resenhas dos filmes A Corte e Um Amor à Altura

A Corte (L’hermine, dir. Christian Vincent, 2015)

Michel Racine é o temido juiz do Tribunal de Assize, super rigoroso com os réus, com os colegas e consigo mesmo. Mas tudo muda quando ele reencontra Ditte, uma antiga paixão, que é selecionada como jurada em um julgamento que ele preside. Um filme simpático e um show de interpretação do Fabrice Luchini, numa performance contida e empática, que lhe rendeu o prêmio de melhor ator do Festival de Veneza no ano passado (o filme também levou o prêmio de melhor roteiro). O filme é cheio de sutilezas e muito leve, gostei bastante. Veja o trailer.  

Um Amor à Altura (Un homme à la hauteur, dir. Laurent Tirard, 2016)

Diane conhece um cara charmoso, inteligente, bem sucedido e super divertido, com um potencial enorme para se tornar algo a mais, mas com um pequeno problema: ele tem apenas 1,40m. O filme é muito engraçado e tristemente cruel ao mesmo tempo. A gente acaba se colocando nas mesmas situações que a protagonista e percebe o quanto algo que deveria ser super irrelevante como a estatura, acaba virando motivo de preconceito e repulsa. Os efeitos especiais que deixaram o Jean Dujardin super baixinho são incríveis! O filme é um remake de Coração de Leão, de 2013. Veja o trailer.

E vocês, o que têm assistido?
Deixem suas dicas nos comentários. :)

|

Inspiração decór: cestos na parede

Inspiração decór: cestos na parede | foto da Tjitske van Leeuwen para a vtwonen

Essa foi uma das primeiras imagens que eu vi por aí, nesse universo sem fim de inspirações decór que é a internet, de cestos na parede. Demorei um pouco para encontrar a fonte original, é uma foto da Tjitske van Leeuwen para a vtwonen. Fiquei encantada com a explosão de cores dos cestos (esses são feitos por artesãs em vilarejos egípcios), nesse ambiente tão simples e bonito.

Então comecei a esbarrar cada vez mais com essas paredes de cestos. Aí vão algumas das imagens/inspirações mais bonitas que encontrei:

Inspiração decór: cestos na parede | Decoração neutra e iluminada, com cestos na parede do quarto. Projeto da Maison Hand.

Decoração neutra e iluminada, com cestos na parede do quarto.
Projeto da Maison Hand, via Desire to Inspire

Inspiração decór: cestos na parede | Cestas geométricas africanas numa sala de jantar colorida e vibrante. Via Old Brand New.

As cestas geométricas africanas são apenas alguns dos detalhes encantadores dessa sala de jantar colorida e vibrante. Via Old Brand New.

Inspiração decór: cestos na parede | Cestos vintage, da Simplychi.

As cestas mais claras fazem um constraste interessante numa parede mais escura.
Essas são todas vintage, da Simplychi.

Inspiração decór: cestos na parede | Cestos iguais, de tamanhos diferentes. Esses são do catálogo da Madam Stoltz.

Cestos iguais, de tamanhos diferentes. Esses são do catálogo da Madam Stoltz.

 Inspiração decór: cestos na parede | A mistura deliciosa de cores e texturas da antiga casa da fotógrafa Carley Summers.

A mistura deliciosa de cores e texturas da antiga casa da fotógrafa Carley Summers. Via instagram

O que vocês acham de cestos na parede?
Curtem essa pegada mais natural na decoração?

|