Le Palais Bulles

Le Palais Bulles | Arquitetura | Não Me Mande Flores

Le Palais Bulles, a mansão de bolhas projetada pelo arquiteto húngaro Antti Lovag no sul da França e adquirida por Pierre Cardin em 1992. Nos sonhos do arquiteto, tudo deveria ser redondo, macio e suave, ajudando corpos, ideias e sentimentos a fluir livremente.

∴ info ∴
Le PALAIS Bulles website.

|

bike rosa_love

Bike Rosa | Pink Bike LOVE

1. Pink Dreamspolaroid tirada na Itália pela Azzari Jarrett.
2. Julia Engel, do blog Gal Meets Glam, sendo linda em Palm Springs (via seu instagram).
3. Pedalando na Indonésia, foto incrível do Pelangi Siahaan.
4. Rosa + flores na cestinha, foto da Audrey, via Style Me Pretty.

|

Frank: A Voz | Sinatra: O Chefão

Frank Sinatra | A young Frank Sinatra on the set of It Happened in Brooklyn in 1947.

No finalzinho do ano passado eu embarquei numa missão (que eu não imaginava que seria tão divertida): ler as mais de 1700 páginas da biografia do Frank Sinatra, escrita pelo jornalista, roteirista e romancista James Kaplan e dividida em dois livros Frank – A Voz e Sinatra – O Chefão

Existe um bom número de biografias do cantor já publicadas e, se você é fã provavelmente já esbarrou com alguma delas. O interessante desse trabalho monumental de Kaplan (ele levou 10 anos para concluir os dois livros) é que ele se aproveitou da grande quantidade de material já publicado sobre Sinatra ~ e sobre pessoas determinantes ao seu redor ~ para construir uma intrincada rede de informação, que só contribuiu para esmiuçar ainda mais a vida do maior cantor do século XX. 

Frank Sinatra | livro Frank - A Voz

Frank: A Voz, por James Kaplan – tradução de Pedro Maia Soares
752 páginas • título original: Frank: The Voice • Companhia das Letras

Nesse primeiro livro o autor narra os primeiros quarenta anos de vida de Sinatra, divididos em cinco atos dramáticos, mostrando a ascensão, a queda e o renascimento do cantor. Passa pelo nascimento e infância em Hoboben, Nova Jersey e por sua transformação em ídolo teen nos anos 40, quando provocava histeria em multidões de adolescentes com sua voz e seus belos olhos azuis. 

Kaplan aborda o preconceito que existia na época contra os ítalo-americanos e mostra como o cantor precisou trabalhar duro para a sua arte. Ele aprendeu a usar o diafragma e estudava com profundidade cada letra antes de cantar, método que lhe acompanharia por toda a vida. Ultra perfeccionista, nenhum detalhe de uma gravação lhe escapava. 

Figura controversa, cheia de qualidades e MUITOS defeitos, Sinatra era chamado pelos amigos (pelas costas) de “Monstro”. Sua vida amorosa, de dar inveja ao próprio Don Juan, também é esmiuçada, com destaque para o seu primeiro casamento com Nancy Barbato (mãe de seus três filhos) e o seu grande amor, o furacão Ava Gardner. O livro termina com o que é considerado o seu primeiro renascimento: o Oscar de melhor ator coadjuvante por seu trabalho no filme A Um Passo da Eternidade,  em 1953. 

∵ Americanas | Livraria CulturaSaraivaSubmarino ∵

Frank Sinatra | livro Sinatra - O Chefão

Sinatra: O Chefão, por James Kaplan – tradução de Denise Bottmann
1216 páginas • título original: Sinatra: The Chairman • Companhia das Letras

Nesse segundo volume Sinatra está no auge do sucesso ~ na música, no cinema e nos negócios. O livro narra o encontro e o relacionamento do cantor com personalidades como John Kennedy, Elvis Presley e os Beatles, além, é claro, das suas relações amorosas com Marilyn Monroe (!), Mia Farrow e sua última esposa Barbara Marx. Sua ligação com grandes nomes do crime organizado e a vida boêmia que levavam nos casinos também são destaques.

Sua parceria (genial) com Antonio Carlos Jobim na década de 60 e o seu show no Maracanã em 1980 não poderiam ficar de fora. Kaplan encerra a “saga” com os últimos anos do cantor: o amadurecimento, a chegada da meia-idade e da velhice (com as suas respectivas crises), até os seus melancólicos dias finais.

∵ Americanas | Livraria CulturaSaraivaSubmarino ∵

Antes de começar a ler os dois livros eu estava apreensiva porque são dois livros ENORMES, sobre uma personalidade que eu admiro, mas não sou super fã. Já nos primeiros capítulos esse receio desapareceu devido a capacidade incrível do James Kaplan de narrar a história em forma de romance (usando técnicas de ficção, mas nunca ficcionando os fatos), tornando-a agradável e até viciante. A gente mal pode esperar para saber o que acontece em seguida.

Penetramos na mente e na alma de Sinatra, sofremos com ele e por causa dele (ô homenzinho complicado e cheio de paradoxos!). O autor também foi mestre em evocar a atmosfera de cada período e eu fiquei bem impressionada com a rede de informações que ele conseguiu reunir (de relatórios do FBI a depoimentos recolhidos de outras biografias, com espaço para novas entrevistas). Definitivamente uma introdução perfeita ao universo Sinatra.

Ficou interessado? Nessa entrevista para o Book View Now, o autor fala sobre alguns dos temas dos livros, vale a pena assistir:

∴ info ∴
A foto de abertura do post é da mptvimages, via Daily Mail.

|

Beleza: Christian Dior Spring 2017 Couture

Christian Dior Spring 2017 Couture | Não Me Mande Flores Christian Dior Spring 2017 Couture | Não Me Mande Flores Christian Dior Spring 2017 Couture | Não Me Mande Flores Christian Dior Spring 2017 Couture | Não Me Mande Flores

As ninfas da Spring 2017 Couture de Christian Dior (ou uma inspiração minimal para o Carnaval desse ano). ★

Bom feriado pessoal ~ e até semana que vem!

∴ info ∴
As fotos são do Sonny Vandevelde, via Vogue.

|

Sculpt Vase – Ferm Living

Sculpt Vases by Ferm Living | Não Me Mande Flores

Fiquei bem encantada com essa série de vasos da Ferm Living, que são de uma simplicidade de encher o coração de amor. Viram como fica lindinho enfeitando uma mesinha de cabeceira? ♥

∴ info ∴
Ferm Living website & instagram.

|